[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Hospital Regional de Itaituba deve fechar as portas no próximo dia 14 de outubro, aponta vereador

Inaugurado no mês de Julho de 2020, o Hospital Regional do Tapajós, em Itaituba, está prestes a fechar as portas no próximo  dia 14 de Outubro. Isso porque, o contrato entre o Instituto Panamericano de Gestão (IPG), que administra unidade hospital, e o Governo do Estado, deve encerrar nos próximos dias.

O vereador Peninha disse que soube na manhã desta sexta-feira (09), de uma fonte fidedigna, que a partir do dia 14 de Outubro, próxima quarta-feira, vence o contrato do Governo do Estado com o Instituto Panamericano de Gestão (IPG). Com isso, "a partir deste dia, o Hospital vai fechar para que seja dedetizado e não há previsão quando reabrir", afirmou o parlamentar.

Peninha lembrou que o IPG foi contratado pelo Governo do Estado para administrar o Hospital Regional de Itaituba, pelo período de seis meses ao valor de aproximadamente R$ 52 milhões. "Este contrato foi feito com dispensa de licitação por causa da pandemia e o Hospital Regional de Itaituba foi usado como Hospital de Campanha. O Estado já passou mais de R$ 20 milhões e por isso não há motivo para o Instituto não pagar os salários dos funcionários", continuou Peninha.

Hospital Regional do Tapajós - HRT. Foto: reprodução

Na última quarta-feira (07), completou dois meses que os salários estão atrasados, e a instituição que faz o pagamento, Instituto de Gestão e Humanização (IGH), através do IPG, não deu nenhuma informação sobre quando esses profissionais receberão, informou Valcley, que é funcionário do HRT.

O IPG também não pagou funcionários na cidade de Altamira e no Distrito de Castelo de Sonhos, que estão sem receber há três meses, frisou Peninha, afirmando que por lá já encerrou o contrato e os hospitais que serviram de Hospital de Campanha por causa da pandemia fecharam e os funcionários foram dispensados.

Peninha orientou os funcionários para que na terça-feira (13) da próxima semana procurem a Justiça do Trabalho para requerer seus salários e os direitos trabalhistas, pois o IPG indo embora dificilmente estes profissionais vão receber. 

Peninha prometeu na próxima semana, na Câmara de Vereadores, mobilizar o Poder Legislativo para junto ao Governo do Estado agilizar a contratação de uma empresa para administrar o Hospital de Itaituba. "O Hospital Regional de Itaituba não pode fechar. Temos que nos mobilizar para que funcione com todos os serviços, que foi por este objetivo construído", concluiu Peninha. 


Fonte: Portal Santarém

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search