[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Esquema de 'esquentamento' de ouro é alvo de operação da PF em Itaituba e Santarém

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (9) a Operação “Ouro Frio”, que cumpriu mandados de busca e apreensão e também sequestro de bens nos municípios de Santarém, no oeste paraense, e Itaituba, localizado no sudoeste do estado. 

A ação é fruto de inquéritos que investigam não apenas garimpos clandestinos, mas também o processo de esquentamento de ouro, que visa dar uma aparência de legalidade a ouro extraído de forma irregular na região. 

Ao todo, oito mandados – quatro em cada cidade – foram expedidos pela Justiça para cumprimento durante a operação, que estima bloqueio R$ 14 milhões, além de significativo avanço no combate ao que se aponta como esquentamento de ouro. 

Operação 'Ouro Frio' cumpriu mandados de busca e apreensão e também sequestro de bens em Santarém e Itaituba — Foto: Polícia Federal/Divulgação

De acordo com a Polícia Federal, a ação está no contexto da Operação “Verde Brasil 2”, sendo assim um conjunto de atividades estruturadas focadas na proteção e preservação da Amazônia e demais biomas.

As ações foram comandadas pela Delegacia da PF em Santarém, tiveram participação das delegacias Altamira/PA e da Superintendência da PF no Pará em Belém, e contaram com apoio das Forças Armadas (Exército, Marinha e Força Aérea do Brasil). 

Ouro e prata foram apreendidos na casa de um dos alvos da operação — Foto: Polícia Federal/Divulgação

O Comando Conjunto Norte (CCN), constituído pelo Comando Militar do Norte (CMN), pelo Comando do 4º Distrito Naval e pela ALA 9, deu apoio logístico no transporte dos policiais que se deslocaram para os municípios que têm alvos da operação. 

A expressão “Ouro Frio” faz referência a ouro de origem clandestina, sem documentação legal, sendo que no curso da investigação foram descobertas tentativas de “esquentamento” do mineral ilícito.


Fonte: PF Santarém

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search