[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Treinamento realizado no HRT reforça a prevenção de acidentes com material perfurocortante

Por se tratar de um ambiente de trabalho complexo, as unidades de saúde como o Hospital Regional do Tapajós (HRT) possuem um risco que é bastante característico, o de que os profissionais sofram acidentes com materiais perfurocortantes. Ou seja, com agulhas, ampolas, escalpes, vidros de modo geral ou qualquer material pontiagudo e que também contenha fios capazes de causar perfurações e cortes. Por isso, pensando na segurança de seus colaboradores, o Hospital realizou um treinamento sobre cuidados e prevenção a esse tipo de acidente de trabalho.
 O treinamento foi realizado na quarta e na quinta-feira, 2 e 3 de setembro. Organizado pelo Serviço Especializado em Engenharia e Medicina do Trabalho (Sesmt) da Unidade, setor cujo objetivo é prevenir acidentes de trabalho. O evento também contou com a participação do Núcleo Hospitalar de Epidemiologia (NHE) que esclareceu o fluxo caso um acidente dessa natureza venha acontecer. Além da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) que abordou as medidas de controle para a prevenção de acidentes.

Segurança para colaboradores e pacientes
Como enfatizou a enfermeira da CCIH, Cleidiane Silva, é preciso sempre reforçar o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Segundo ela, esse conhecimento enriquece e traz melhor qualidade também na assistência direta aos pacientes. “Minimiza os riscos de infecção, traz e reforça a segurança para o próprio colaborador”, completou.
O treinamento foi ministrado para os colaboradores da assistência médica, enfermeiros, médicos, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem e demais profissionais que no cotidiano hospitalar lidam diretamente com esses tipos de materiais.
Para a enfermeira Wanessa Laís, que participou do treinamento, o reforço dessas medidas de prevenção é sempre bem-vindo. “Nós que desenvolvemos nossas atividades com esses tipos de materiais temos que ter sempre essa consciência de que pode acontecer algum acidente. Para evitar que eles aconteçam, devemos sempre lembrar e colocar em prática as medidas de segurança”, pontuou.

ASCOM HRT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search