[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Bombeiros encerram buscas por corpo de criança que desapareceu em rio de Óbidos-PA

Foram cinco dias de buscas, quatro com a participação de mergulhadores do 4º Grupamento de Bombeiros Militar (4º GBM) de Santarém, oeste do Pará, mas o corpo de John Brendo de Oliveira Paiva, de 5 anos, não foi encontrado. Os trabalhos foram encerrados na tarde de quinta-feira (13).

De acordo com o subcomandante do 4º GBM, Major Celso Piquet, toda a área onde aconteceu o afogamento da criança e também os locais prováveis para onde o corpo poderia ter sido arrastado pela correnteza foram verificados, inclusive com realização de mergulho e aplicação das técnicas de resgate.

John Brendo de Oliveira Paiva, 5 anos.
Devido já ter se passado o tempo em que geralmente os corpos das vítimas de afogamento boiam na superfície, as equipes de resgate foram desmobilizadas para retornar a Santarém.

“Depois de incessantes buscas, por uma questão de conhecimento técnico dos nossos mergulhadores, as equipes foram desmobilizadas. É de conhecimento dos moradores de Óbidos e também dos nossos mergulhadores, que nem sempre a pessoa é ‘devolvida pelo rio’, essa é a expressão que se usa. Vamos aguardar, quem sabe em um outro momento o corpo seja devolvido e uma outra pessoa encontra. Os bombeiros fizeram o que tinha que ser feito, procuraram onde deveria ser procurado”, ressaltou Major Piquet.

O menino John Brendo participava de um passeio com familiares no dia dos pais, no local conhecido como Cabeça do Padre, uma espécie de porto onde embarcações ancoram para descarregar pescado. O momento era de diversão, quando de repente os familiares se deram conta de que o menino havia desaparecido. 

Desde então, as buscas foram iniciadas, primeiro com familiares e comunitários, mais tarde com o apoio da Defesa Civil Municipal, e partir do segundo dia, com auxílio de mergulhadores do Corpo de Bombeiros.

G1 Santarém 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search