[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

NOTÍCIAS

COLABORE COM NOSSOS AMIGOS PELUDOS!

CBMPA atua na 'Operação Amazônia Viva'.

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará, está atuando na “Operação Amazônia Viva”, em conjunto com outras instituições estaduais, no planejamento, monitoramento e execução das ações governamentais emergenciais para o combate do desmatamento, incêndios e ilícitos ambientais no Estado do Pará.


A Operação iniciou no último dia 13 de Julho e atuará até o dia 31 do mesmo mês, onde integra várias instituições de segurança pública do Estado do Pará, através do Decreto nº 551 de 17 de fevereiro de 2020, que instituiu a Força Estadual de Combate ao Desmatamento no Estado do Pará, sob coordenação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS).


O CBMPA e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, destacaram 34 Bombeiros Militares para atuarem no combate às queimadas, junto a outros órgãos, como o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (IDEFLOR-Bio), integrantes da Polícia Militar do Pará, Polícia Civil do Pará, Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (SEGUP) e o Centro de Perícias Científicas do Estado do Pará, todos estão divididos em seis polos nos seguintes municípios: São Félix do Xingu, Pacajá, Uruara, Itaituba, Novo Progresso e Anapu.


Cada guarnição de agentes já percorreu em média 3000 km, combatendo 6 ocorrências de queimadas, como também, em atuações em ocorrências de resgates e de atendimentos pré-hospitalar com membros da ação. E nesta operação já há um resultado positivo, pois conseguiu-se reduzir em 56% as queimadas e desmatamentos, referentes ao mesmo mês do ano passado.


Para o Major BM Marcos Leão, Subcomandante da Operação, todo o planejamento para o combate das queimadas está ocorrendo positivamente. “Mais um ano combatendo as chamas na Amazônia, e até o momento está sendo um sucesso, conseguimos ultrapassar o esperado para essas regiões. E esta atuação de todos os órgãos integrados, resulta em uma boa experiência para quando formos executar a Operação Fênix, no mês seguinte. E assim melhorarmos cada vez mais as operações de combate a incêndios florestais do CBMPA”.


Na Operação Amazônia Viva, o CBMPA tem a missão de estabelecer recursos humanos e logísticos necessários para referida operação, dentro de sua competência institucional, através de atividades de instrução e capacitação de combate a incêndio florestal para outras instituições, como também ações educativas voltadas às comunidades locais para a prevenção de incêndios florestais e operações integradas com as instituições empenhadas no combate das queimadas nas localidades afetadas.

 

Objetivos do CBMPA na Operação Amazônia Viva:
  1. a) Realizar ações preventivas junto às comunidades com atividades de prevenção através da Educação Ambiental;
  2. b) Elaborar o mapeamento de áreas prioritárias e críticas de ocorrências de incêndios dos municípios afetados;
  3. c) Reforçar e aprimorar a operação através da disponibilidade das guarnições e viaturas operacionais do CBMPA;
  4. d) Atuar nas potenciais causas desses incêndios, limitando sua ocorrência;
  5. e) Antecipar a tomada de decisões sobre eventuais riscos de incêndio, através da sistematização de informações e integração dos diferentes órgãos que formam o Sistema Estadual de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais;
  6. f) Definir responsabilidades e atribuições a todos os envolvidos na execução da missão, para que a operação transcorra de forma eficiente dentro da competência de cada órgão.
ASCOM CBMPA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search