[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

NOTÍCIAS

COLABORE COM NOSSOS AMIGOS PELUDOS!

Moradores de Brasil Novo/PA realizam manifestação pedindo justiça para o caso Anderson

Moradores da cidade de Brasil Novo, no Pará, realizaram uma manifestação cobrando mais informações sobre a morte de Anderson da Cunha Campos de 11 anos. Com cartazes nas mãos e gritos de ordem, o grupo pedia por justiça.

A caminha iniciou de frente da casa de Anderson, de carro, moto, a cavalo, e a pé, populares saíram pelas ruas da cidade, e pararam em frente à delegacia do município.

O delegado da cidade, Theo Reis, informou que algumas indagações só poderão ser esclarecidas após o termino do laudo policial. “A população pode ter certeza que não tem uma virgula que a polícia civil daqui de Brasil Novo não fez para chegar a uma conclusão concreta. Só que a população tem que entender que durante as investigações a gente não pode revelar tudo para não atrapalhar as investigações”, afirmou Theo Reis.

Manifestação realizada por moradores locais em prol de justiça ao caso.
Já era noite quando os peritos chegaram até a residência onde o garoto esteve com vida pela última vez, casa do adolescente de 15 anos, acusado de ter matado Anderson.
Diversos pontos da casa foram periciados, principalmente uma parte da área onde possivelmente o garoto teria caído, o corredor e o muro por onde o acusado teria passado com o corpo, e pela cozinha.

O perito Macel Ferreira disse que ainda não é possível nenhuma informação sobre o caso, e que o resultado da perícia levará até 10 dias para ser concluído, só então se pode ter a resposta da dinâmica e a materialidade do crime.

ENTENDA O CASO

Anderson havia desaparecido na quinta-feira (11), a última vez que foi visto, estava na casa de um amigo, o amigo havia afirmado que Anderson disse que ia sair mas voltava logo. A polícia, familiares e a população da cidade de Brasil Novo ajudaram nas buscas de Anderson, mas dois dias depois, no sábado (13), ele foi encontrado morto em um terreno baldio, ao lado da casa de seu amigo onde foi visto pela última vez. 

Após evidências encontradas no corpo da criança, a polícia chegou até a autoria do adolescente de 15 anos, amigo da vítima, que após ser indagado sobre as provas, confessou o crime e alegou que em uma brincadeira, após da uma rasteira em Anderson, ele bateu com a cabeça no chão e começou a convulsionar, e com medo de ser responsabilizado, ocultou o corpo em um terreno baldio.

O corpo de Anderson Cunha foi sepultado no município de Tucuruí, onde os outros familiares moram.

Xingu230, com informações de Valdemídio Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search