[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Com dispensa de licitação, Governo do Estado gasta quase R$2 milhões em garrafas pet vazias, no Pará

O Governo do Pará fez, de novo, uma compra com suspeita de superfaturamento com dispensa de licitação. Dessa vez, foram gastos quase R$2 milhões em garrafas pet vazias. O contrato da compra está disponível no Portal da Transparência Covid-19.


Com o objetivo de envasilhar álcool etílico 70%, 1.140.000 (um milhão cento e quarenta mil) recipientes de 240mL foram comprados no valor de R$ 1.710.000,00. Sendo assim, cada unidade saiu por R$1,50.

A compra foi realizada no dia 24 de março e a empresa contemplada é de Ananindeua, Marcoplas Comércio de Móveis LTDA.

No contrato, o Governo aponta que, o valor unitário pago pelas garrafas foi o menor entre os orçados. Foram consultadas outras cinco empresas, além do Painel de Preços do Governo Federal, e a média dos valores unitários apresentada na cotação foi de R$2,59.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde Púlbica (Sespa) justificou que "o processo de aquisição de Garrafas PER de Polientileno está regular, com todas informações disponíveis no Portal da Transparência COVID-19, atendendo as legislações estaduais e federais".

Entretanto, o digital influencer David Mafra, que também denunciou a suspeita de superfaturamento em sua conta no Instagram, contou que fez o orçamento com outra empresa e o valor por cada garrafa sairia por R$0,49 centavos.

Fonte: A denúncia foi feita pelo portal ParaWebNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search