COLABORE COM NOSSOS AMIGOS PELUDOS!

Treze policiais militares estão afastados e sendo monitorados por suspeita de infecção pelo novo coronavírus, em Itaituba

Quatro fazem parte do Grupo Tático Operacional. Guarnições estão em linha de frente da pandemia.

15° BPM - Batalhão Transamazônica - CPRX. Foto: Weslen Reis

Colete balístico, máscara, luvas de vinil, álcool 70% e um frasco de álcool gel nas viaturas das guarnições. Diante de um inimigo invisível, os agentes de segurança pública adotaram novas armas e têm assumido a linha de frente na prevenção ao novo coronavírus. Acostumados a arriscarem as suas vidas para proteger a população contra criminosos, os policiais militares agora atuam também em barreiras de fiscalização, ajudando e orientando a população do município de Itaituba, sudoeste do Pará sobre as medidas preventivas de combate à Covid-19.

Até o momento, treze Policiais Militares que atuam no Décimo Quinto Batalhão Transamazônica – CPR 10 encontram-se afastados de suas funções e estão sendo monitorados  por apresentarem sintomas de infecção pelo novo coronavírus . Quatro fazem parte do Grupo Tático Operacional, que chegaram do município de Jacareacanga nessa quarta-feira (13) na cidade de Itaituba, entrando em afastamento por apresentarem os sintomas da Covid-19.

A coleta de amostras para exame de dois agentes, será feita até amanhã sexta-feira (15) enquanto a coleta de onze policias, por ainda estarem com sintomas recentes, seguindo o protocolo da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), ainda não poderão ser coletadas. Os dados foram cedidos  na tarde desta quinta-feira (14) pelo Sub Comandante, Capitão Eder Santos. 

O Sub comandante destacou a exposição de estar na linha de frente como o principal desafio dessa pandemia. “Não temos como fugir da exposição, temos trabalhado diretamente na fiscalização e prevenção, não houve diminuição de carga horária de agentes públicos de segurança e também da saúde, então este é o nosso desafio diário”, afirmou.

Mesmo com os decretos municipais, os número de ocorrências não diminuíram. “Além de estarmos realizando ações em parceria com outros órgãos de segurança, temos atendido ocorrências relacionadas ao descumprimento dos decretos, como denúncias de aglomerações noturnas”, ressaltou o capitão.

Comentou ainda que as pessoas têm direcionado as denúncias aos grupos de WhatsApp, nos quais o prefeito e outras autoridades estão, e deixam de ligar para os dois números disponíveis. O que faz com que a PM demore a ser acionada dificultando as ações operacionais.  Enfatizou que a ajuda dos cidadãos itaitubenses é bem-vinda. “As denúncias relacionadas à Covid-19 como, aglomeração de reuniões com mais de dez pessoas se expondo ao risco e perturbando o sossego alheio podem ser realizadas direto nos números 190 e também por ligação para o número de celular da Policia Militar (93) 99111-6365”, reforçou o Sub comandante, Eder Santos.

Portal OnNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search