[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Finalista do Miss Amazonas é encontrada morta no apartamento do namorado, em Manaus

Finalista do Concurso Miss Amazonas 2019, a jovem Kimberly Karen Mota Oliveira, 22 anos, foi encontrada morta, nesta terça-feira (12/5), dentro do apartamento do namorado, Rafael Fernandes Rodrigues, 31, em Manaus. A suspeita da Polícia Civil é que ele tenha a matado após o relacionamento chegar ao fim.

Jovem Kimberly Karen Mota Oliveira, 22 anos, foi encontrada morta, nesta terça-feira (12/5/2020)

De acordo as investigações, o casal estava juntos há dois meses, mas Kimberly decidiu pôr um fim no relacionamento. Só que no último domingo (10/5), Rafael buscou a miss na casa onde ela morava com uma amiga. Desde então, não se tinha notícia dela.

Em nota, a polícia informou que a amiga que dividia moradia com a vítima é a principal testemunha do crime até o momento. Ela afirma que viu a miss entrando no carro do suspeito. Foi ela também que ligou para um tio de Kimberly e informou que ela tinha falecido dentro do apartamento do Rafael.

Segundo a Delegada Adjunta Zandra Ribeiro, o corpo da jovem foi encontrado por volta das 4h após o tio ir ao local, confirmar a informação e acionar a Polícia Militar. “A possível motivação do delito pode ter sido por conta do término do relacionamento e como foi morta a facadas acreditasse que eles tenham mantido uma briga”, conta.

“A perícia identificou no corpo da jovem três facadas e que já se encontrava morta por volta de quatro horas, a faca foi encontrada também dentro do apartamento na varanda”, diz, em nota, a polícia.


Polícia traça perfil do suspeito

Rafael não foi localizado até o momento. Segundo a Polícia Civil, um crachá indica que ele é servidor do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo e que o homem é natural de São Bernardo do Campo.

O suspeito não tem passagem pela polícia em Manaus, mas os investigadores procuram ocorrência contra ele em São Paulo.

De acordo com a corporação, objetivo é poder “traçar o perfil e entender a dinâmica e a motivação do crime.”

A autoridade policial informou, ainda, que não há registros que Rafael embarcou para São Paulo. “Os investigadores estão realizando diligências em torno do caso com intuito de localizar o indivíduo e esclarecer o crime”, conclui a nota. 

Fonte: https://correiobraziliense.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search