COLABORE COM NOSSOS AMIGOS PELUDOS!

Após descumprir recomendação, dupla flagrada em embarcação vinda de faro deve ficar isolada, em Santarém

No início da tarde desta quarta-feira (13), um homem e uma mulher foram pegos em uma embarcação vinda do município de Faro, no oeste do Pará, onde deveriam cumprir o distanciamento social expedido pela Prefeitura Municipal. A denúncia foi feita pelo Ministério Público a Vigilância Sanitária.

Homem e mulher foram conduzidos para Seccional de Polícia Civil em Santarém — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Os dois deveriam cumprir a medida por terem tido contato com uma pessoa que testou positivo para Covid-19. Segundo o fiscal da Vigilância, Mauricio Figueira, eles não poderiam nem ter saído da cidade.

“Quando chegamos ao local, o barco estava lá. Eles foram encaminhados aos processos legais de vigilância sanitária e expedimos o documento que prevê que devem cumprir os 14 dias de quarentena, aqui em Santarém. Eles devem ficar isolados na embarcação mesmo e não poderão sair de lá”, disse.

Os dois, um homem, que é dono da embarcação, e uma mulher, que trabalha como tripulante, assinaram o termo de “controle do viajante”, onde eles se comprometem a cumprir o isolamento para poder sair da cidade legalmente.

De acordo com o delegado de Polícia Civil, Thiago Rabelo, os tripulantes dessa embarcação estavam em isolamento, depois que um deles testou positivo para Covid-19. “O barco tinha que ficar em isolamento, por pelo menos 14 dias, atracado. Ontem, que completou 7 dias, eles saíram de Faro rumo a Santarém, chegando no município de Terra Santa, não encostou, mas o dono foi de voadeira buscar essa mulher que trabalha no barco”, explicou.

O barco ficou detido no porto e os dois, no momento da apresentação na delegacia, apresentavam mais de 37 graus de temperatura corporal, que é um dos sintomas de contaminação por coronavírus.

“Fizemos um TCO, e eles dois foram apenas citados, não foi pego o depoimento devido a situação deles. É difícil ficar vigiando um barco desse, mas a embarcação e eles dois vão ser monitorados”, ressaltou o delegado.


G1 Santarém

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search