[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

NOTÍCIAS

COLABORE COM NOSSOS AMIGOS PELUDOS!

Há pelo menos 15 mortes de militares suspeitas de Covid-19 no Pará.

A Secretaria de Saúde do Estado do Pará  informa que há 2.319  casos confirmados de covid-19 no Pará, 1.124 casos recuperados (com 6 novos casos de recuperados), 592 casos em análise e 1.952 casos descartados. A atualização ocorreu às 19h da terça-feira, 28. Nesta manhã de quarta-feira,29, foram registrados mais 5 óbitos no estado, totalizando agora 137 óbitos pelo vírus. Nesta matéria, o Plantão 24 horas decidiu citar os casos de militares mortos pela Covid-19 no estado do Pará.  Eles que fazem parte dessa linha de frente do combate ao vírus. 

A Polícia Militar do estado do Pará tem pelo menos 15 mortes suspeitas de COVID-19, na Região Metropolitana de Belém. A primeira foi no dia 18 de março e o restante, nos últimos três dias. Essa conta é feita pela a Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Pará (ACSPMBMPA). Para comparativo, entre os mais de 80 mil policiais militares de todo o estado de São Paulo, há três mortes confirmadas para a doença.

Os militares paraenses estão de luto pelos seus colegas que cumpriram os seus juramentos de proteger a vida do próximo mesmo com o sacrifício das suas. A seguir, alguns militares que vieram a óbito pelo coronavirus:

3° Sgt PM Ítalo Kaiser
1° Sgt Almir Martins
2° Ten Qoabm Claudomiro Velasco
Sub Ten PM João Barreto
Cb PM Wilder de Oliveira
Cb PM José Luiz Miranda
1° Sgt RR Gerson Monteiro
3° Sgt PM Sebastiana Cristina Cordeiro
Cb PM Rômulo Rogério Ferreira
Sub Ten Gilson Cleber
2° Sgt Renato Dias
3° Sgt João Carlos Oliveira

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar ( ACSPMBMPA) encaminhou ofício na terça-feira, 28, ao Governo Estadual e aos comandos da Polícia e Bombeiro Militar,  solicitando informações no prazo de 48h, a respeito das medidas que estão sendo adotadas para o combate do vírus no meio militar. A entidade sugeriu aos gestores ( reestruturação com planos de atendimentos, testes rápidos para Covid-19, compra de medicamentos em maior quantidade e posterior distribuição.

A Associação vem acompanhando os números alarmantes que assolam os militares e espera resposta imediata dos órgãos gestores. 

Aos familiares dos militares mortos pelo coronavirus, nossas condolências

Plantão 24horas News.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search