[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Familiares e amigos se mobilizam em prol da jovem que teve aparelho auditivo roubado por assaltantes , em Itaituba.

Uma ação solidária está sendo realizada para ajudar a jovem Jamilly Anjos, de 19 anos. Ela sofreu um assalto na manhã do último domingo (5), quando retornava para a sua residência, na 22a rua,  bairro Bom Remédio, sendo levado pelos assaltantes algo muito valioso para ela : seu aparelho auditivo.


Jamilly nasceu com deficiência auditiva no lado direito e com o tempo o esquerdo ficou afetado. Por não  ter condições financeiras, a jovem não conseguiu fazer um tratamento adequado. Em 2015, com o auxílio de uma amiga, ela conseguiu fazer um tratamento na cidade de Santarém, sendo submetida a testes de surdez, nos quais foi constatado que ela precisaria fazer uso de aparelhos auditivos. Com muita espera, Jamilly conseguiu ter o  seu aparelho, que fez toda a diferença em sua vida.

"Os aparelhos me ajudaram muito durante esses anos nos estudos, nos lugares, amo conversar com as pessoas com os aparelhos, pois ouço muito melhor e bem. Sofria muito bullying em todos lugares por não escutar bem, foi bem difícil eu saber lidar com tudo isso" diz Jamilly.

Em um pequeno texto em qúe Jamilly conta sua história, ela relata que  no momento em que estava indo para  casa, foi abordada por dois indivíduos, que utilizando  uma faca, pegaram sua bolsa  com seus pertences, inclusive com seu aparelho de audição, que estava descarregado. Logo após, o caso foi registrado na Delegacia de Polícia e além do trauma, ficou o desespero da jovem por  ter perdido algo valioso que a auxiliava em sua vida cotidiana.

"Como eu sou estudante do 3° ano do ensino médio, pra eu conseguir terminar preciso dos aparelhos, sem eles sinto sensações estranhas e ruins, tenho muita dificuldade, me sinto perdida em tudo, e por fim ouço somente o silêncio mesmo que falam perto de mim, porque não escuto e não entendo bem", relata Jamilly no texto.

Em virtude do fato, amigos e familiares criaram uma vaquinha on-line, que pode ser acessada pelo link http://vaka.me/981716, para arrecadarem dinheiro  e conseguirem comprar outro aparelho, que custa R$ 6,000.00.  Além disso, estão promovendo uma rifa, que pode ser adquirida pelo contato 93 9157-2809 (mãe  da Jamilly). A família enfatiza que qualquer tipo de ajuda é bem-vinda, para que o quanto antes Jamilly possa retornar às suas atividades.

Plantão 24horas News.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search