[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Prefeito Valmir Climaco assina novo decreto que dispõe sobre medidas de combate ao Covid-19, em Itaituba.

O prefeito Valmir Climaco assinou na tarde do último sábado (4) o decreto municipal n° 038, que dispõe sobre as medidas emergenciais de saúde pública, decorrente da infecção humana pela Covid-19, inclusive que inclui  sobre a suspensão de transportes vindos de Manaus, decisão essa que já havia sido pré-comunicada pelo prefeito. 

Decreto Parte 1.

O inciso V deste novo decreto, afirma que está suspenso desde o último domingo(5) transporte aéreo com pouso no aeroporto, oriundos de áreas endêmicas de outros estados, principalmente do Amazonas, bem como transporte coletivo interestadual de passageiros, terrestre, marítimo e fluvial. 

Decreto Parte 2.

Além dessa, outras medidas foram compiladas no decreto como: pessoas que chegarem de regiões endêmicas ou do exterior deverão cumprir o isolamento social no prazo de 14 dias; está suspensa a concessão de férias nos órgãos e entidades da área da saúde ou de qualquer outro setor estratégico para contenção da pandemia; suspensa a autorização para eventos, reuniões ou quaisquer manifestações que tenham audiência maior ou igual a 100 pessoas; atendimentos presenciais da Administração Municipal estão suspensos os servidores que tenham 60 anos ou mais, que apresentem sintomas referentes a tosse seca, garganta inflamadas ou que tenham doenças crônicas.

Decreto Parte 3.

De acordo com o decreto, a Secretaria de Saúde deverá adotar medidas complementares de controle sanitário nos portos, aeroportos, terminais rodoviários e hidroviários. Bem como atitudes de prevenção que devem ser tomadas por proprietários de estabelecimentos, no sentido de higienizar os locais e disponibilizar álcool 70% e máscaras aos colaboradores.

O decreto também dispõe sobre a suspensão das aulas da rede pública, que permanecerão  suspensas até o prazo de 15 de abril. 

Plantão 24horas News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search