[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Cadeirante reclama por ter sido maltratada por médico no Hospital Regional de Santarém.

Decepção e tristeza. Estas foram as palavras utilizadas  por Cristina Cavalcante, de 36 anos, ao relatar a forma como foi tratada no Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém. A mulher denuncia que foi tratada de forma grosseira pelo médico que a atendeu, tendo ele destratado a sua situação. 

Cadeirante Cristina Cavalcante

Cristiane sofreu um acidente doméstico aos 20 anos de idade que a deixou paraplégica. Com o acidente, ela ficou com sequelas em uma das pernas, em que um osso está quebrado. Cristiane conseguiu dar entrada ao Tratamento Fora de Domicílio ( TFD), e com isso foi encaminhada ao Hospital Regional em Santarém, porém foi surpreendida ao ser atendida pelo médico, que além de fazer pouco caso do seu problema, a tratou-a com arrogância. Fato esse que deixou Cristiane profundamente angustiada.

Assista a matéria na íntegra:

Ela afirma que tudo que queria era que o médico fizesse a correção do osso quebrado em uma de suas pernas, pois a dor que não é sentida na perna por não ter o movimento, é sentida na cabeça. Cristiane sente fortes dores de cabeça. Muito emocionada, ela contou sobre o episódio no hospital, no momento em que achava que teria solução para suas dores, recebeu o desprezo do médico, que afirmou a ela  que não tinha solução.

A coordenadora da Ação Sorriso, Jaci de Oliveira, que vem acompanhando Cristiane desde o início, pronunciou-se sobre a questão, e com um sentimento de revolta lamentou a postura do médico, além disso se dispôs a continuar ajudando-a, principalmente no sentido de acionar o Secretário de Saúde, bem como o prefeito Valmir Climaco para que ela possa ter o tratamento devido.

Na manhã desta quarta-feira (15), a direção do Hospital Regional entrou em contato com nossa redação e enviou uma nota em esclarecimento à reclamação de Cristiane. Segue a nota enviada pela direção do Hospital Regional do Baixo Amazonas:
 
Em atenção à reportagem veiculada pelo site Plantão 24 Horas News, a direção do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) informa que a reclamação mencionada pela paciente não está de acordo aos procedimentos clínicos adotados pela unidade, que valoriza a qualidade e humanização no atendimento. 
 
A paciente mencionada na reportagem foi atendida no ambulatório de ortopedia do HRBA no dia 9/04/2020. Após ser examinada, o diagnóstico apresentado não indicou a necessidade de procedimento cirúrgico. 
 
No entanto, o hospital irá ofertar uma nova consulta clínica, com outro ortopedista, para que seja emitida uma segunda opinião sobre o caso da paciente. Além disso, o HRBA iniciou um processo administrativo para apurar as reclamações mencionadas sobre o atendimento. 
 
É importante destacar que o Hospital Regional de Santarém possui o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), que pode ser utilizado para sugestões, reclamações e elogios. O serviço funciona de segunda a quinta-feira, das 7h às 18h, e na sexta-feira de 7h às 17h, e também pelo telefone (93) 2101-0716, ou pelo e-mail sau@hrbaprosaude.org.br.
 
Nestes 12 anos do HRBA, a unidade se consolidou como referência em atendimento na região Norte do País. Considerado um dos dez melhores hospitais públicos do Brasil, é referência no estado que pode ser atestada através da pesquisa de satisfação que em 2019 alcançou índice de 99% de aprovação dos usuários.
 
As práticas assistenciais de excelência e a qualidade do atendimento do hospital foi atestada com a certificação concedida pela Organização Nacional de Acreditação com o nível máximo de qualidade, a ONA 3 – Acreditado com Excelência.

Plantão 24horas News, com informações do repórter Pedro Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search