[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O SEU SITE DE NOTÍCIAS DE ITAITUBA E REGIÃO!
COLABORE COM NOSSOS AMIGOS PELUDOS!

Pedreiro encontra criança recém-nascida dentro de mala em Alenquer, no Pará


Uma criança recém-nascida foi abandonada pela mãe dentro de uma mala no corredor de um terreno onde há vários quartos de aluguel, em Alenquer, oeste do Pará. A criança foi encontrada na tarde desta quinta-feira (5) por um pedreiro que trabalhava em uma obra ao lado. Ele ouviu um choro e ao entrar no terreno vizinho para ver o que era, se deparou a criança dentro da mala.
Momento do resgate.

O pedreiro Alfredo Mota chamou os outros trabalhadores e rapidamente várias pessoas se juntaram no local para saber o que havia acontecido. A Polícia Militar e o Samu foram acionados e a criança do sexo feminino que estava enrolada em um lençol, ainda com a placenta e do córdão umbilical foi levada de ambulância para o Hospital Municipal de Alenquer.

De acordo com a técnica de enfermagem Maria de Jesus Rodrigues, a criança estava com o corpinho cheio de marcas de ferradas de formigas.

“Quando vi aquela cena me deu aperto no coração. Espero que essa criança sobreviva”, disse emocionado o pedreiro Alfredo Mota.
Vizinhos relataram à polícia que na noite de quarta-feira (4) ouviram o choro da criança, mas achavam que fosse um gato e ninguém teve a curiosidade de ir até o local.

Mesmo para quem está acostumado a situações difíceis, como o auxiliar do Samu Carlos Araújo (Bozó), encontrar uma criança recém-nascida com um dos dedos amarrado no zíper da mala foi impactante. "Eu sou pai, me doeu no coração ver uma criança indefesa abandonada dentro de uma mala. É um milagre ela estar viva", disse.

Nesta quinta-feira (5), uma mulher deu entrada no Hospital Municipal de Alenquer com sangramento. Ela e seu companheiro relataram que ela teria sofrido um aborto espontâneo. A polícia investiga se a mulher é a mãe do bebê abandonado na mala. Há um mês a mulher estava morando em uma residência ao lado de onde a criança foi encontrada.

Fonte: G1 Santarém 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search