COLABORE COM NOSSOS AMIGOS PELUDOS!

Órgãos de Segurança Civil e Militar realizam operações em prevenção a Covid-19, em Itaituba

Para garantir a segurança e prevenção contra o novo Coronavírus na cidade de Itaituba, foram realizadas operações, coordenadas pela Superintendência Regional do Tapajós, com apoio dos policiais civis e militares do 15°BPM,  em cumprimento ao decreto estadual que regula uma série de medidas protetivas contra o vírus. 

Órgãos de Segurança pública. (Foto: PC/ITAITUBA)

As operações tiveram início no último sábado (21). A guarnição presenciou diversas situações de descumprimento ao que havia sido  regulado em decreto. Logo no início da manhã foram realizados fechamentos de bares e similares. Além disso, a polícia também realizou serviço de apoio aos agentes municipais de saúde e educação, para orientação e fechamento de estabelecimento comerciais. Ocorrências de furto e de pessoas em situações de risco também compuseram a operação policial. 

No segundo dia de policiamento, ocorrências de descumprimento às exigências de prevenção foram feitas. Desta vez, uma eleição comunitária para escolha do presidente do Bairro Vale do Piracanã.  O coordenador foi advertido e orientado a parar com a eleição. Bares também foram encontrados em pleno funcionamento,  com a presença de várias pessoas. Houve advertência e orientação ao cumprimento da portaria em vigor.

Órgãos de Segurança pública. (Foto: PC/ITAITUBA)

De acordo com o diretor da Delegacia de Polícia Civil, Delegado Rafael Oliveira, também foi realizada uma ação via WhatsApp de conscientização  na comunidade de Barreiras, em que foi determinado o fechamento  dos estabelecimentos naquela localidade.

Diretor da 19° seccional de Polícia Civil de Itaituba: Delegado Rafael Oliveira.

" Mais de 30 entre bares, restaurantes e lanchonetes na cidade foram fechados ", apontou o delegado. Segundo ele,  a população ainda não está consciente da seriedade das ações governamentais de prevenção contra a Covid-19, mas ressalta que a polícia está trabalhando com a conscientização, advertindo sobre as consequências do descumprimento de quaisquer decretos, estadual ou municipal, que culminará na responsabilização criminal nos termos do artigo 268 do Código Penal Brasileiro, estando o infrator sujeito a ser conduzido à Delegacia de Polícia Civil. 

O Delegado Rafael explica que o cidadão pode denunciar  de forma anônima, pelo  181 disque denúncia ou pessoalmente a qualquer policial civil, sendo passado de imediato ao Delegado responsável para avaliar e averiguar a situação.

Fonte: Plantão 24horas News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search