[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
pará
Polícia Federal
Polícia Militar
politica
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
Saúde
traficante
Traficantes

Operação integrada das polícias Civil e Militar fecha bar em Rurópolis pela prática de jogos de azar

Uma operação da Polícia Civil e Militar integrada de combate ao crime realizada no final da tarde de quarta-feira (11) fechou um bar onde estava ocorrendo a chamada “jogatina”, esta, segundo o delegado de Polícia Civil Dr. Ariosnaldo da Silva Vital Filho, está ligada a uma intensa e prolongada atividade de jogo em especial de jogos de azar e neste caso específico com o uso de baralhos.


Durante a abordagem policial, o fato agravou-se ainda quando a polícia constatou que havia restrições judiciais impostas a um dos participantes, Edilberto Pereira da Cruz, natural de Madeira/Pa, para não freqüentar bares, casa de jogos e locais similares. Segundo o delegado de Polícia Civil, o estabelecimento comercial servia de “fachada” para o jogo apostado com o lance inicial de R$ 5,00 reais. 

Os participantes foram conduzidos para a delegacia de polícia civil para esclarecimentos sendo autuados, inclusive o dono do local Pedro Gonçalves de Lima.

O procedimento policial foi lavrado por crime de desobediência e pela contravenção de “jogos de azar” previstas em lei. "Esses pontos já estão sendo mapeados, verificando se têm a documentação. Normalmente, são bares que funcionam até tarde e muitas vezes viram pontos de tráfico, brigas, discussões. Estamos fiscalizando estes estabelecimentos inclusive se tem alvará para funcionamento e se o mesmo não esta sendo desvirtuado para fins ilícitos. E se for fechado é um ponto a menos para dar problema", frisou o delegado.

A Operação Integrada contou com os Policiais Militares Roberto Lages dos Santos, Marlio Sousa Serra e dois Policiais Civis Gustavo Castro e Alexandre Ripper.

Plantão 24horas News 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search