[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O MELHOR DA TV ACABO PARA SUA DIVERSÃO
SUA SORTE LHE AGUARDA, VEM PRO ITA FELIZ!

Milhares de livros didáticos são jogados fora e população se revolta em Rurópolis-PA


Uma moradora do município de Rurópolis, no Pará, registrou e publicou em sua rede social, o Facebook, um vídeo que mostra milhares de livros didáticos sendo jogados fora, um verdadeiro ato de descaso com a educação e desperdício de dinheiro público. Compartilhado milhares de vezes, o vídeo rapidamente viralizou em grupos de WhatsApp da cidade, causando muita indignação e revolta por parte da população, tanto na internet, quando fora.

Pilhas de livros no lixão Municipal.
"Que vergonha. Essa escola não tinha uma gestão não? Quer dizer que jogar fora pode, né? Agora dar os livros para os alunos, não pode" digitalizou uma internauta compartilhando da mesma indignação.

Rurópolis é uma cidade que tem um índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) considerado baixo e, para muitos moradores, descartar livros no lixão municipal é um golpe muito baixo, um retrocesso e uma afronta aos princípios que norteiam uma educação de qualidade. A maior parte das pilhas de livros, que estavam em um prédio antigo de uma determinada escola, sequer foram usados.

Pilhas de livros no lixão Municipal.

Levando em consideração que Rurópolis possui uma única biblioteca pública com quantidades de acervos e conteúdos limitados, presenciar uma quantidade de livros que foram pouco utilizados e outros sequer usados, sendo jogado fora, é no mínimo um desrespeito com a população e classe estudantil.

A secretaria de educação do município de Rurópolis, por meio do secretário Jurandir Vieira, até tentou se justificar por meio de uma nota que foi divulgada nos grupos de Whatsapp, explicando o motivo do descarte dos livros, mas tal justificativa não foi suficiente para conter a revolta de populares. 

Veja o flagrante 



Plantão 24horas News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search