[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O MELHOR DA TV ACABO PARA SUA DIVERSÃO
SUA SORTE LHE AGUARDA, VEM PRO ITA FELIZ!

Ex-prefeita de Novo Progresso é condenada a devolver mais de R$ 2 milhões em 30 dias


A ex-prefeita de Novo Progresso, Madalena Hoffmann (PSDB), teve as contas reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e terá que devolver exatos R$ 2.285.137,49 aos cofres públicos. Ela também foi multada em 5.000 UPF’s-PA (cinco mil Unidades de Padrão Fiscal do Estado do Pará) por ter desviado recurso público para construção de uma ponte em vicinal que não existe, e a ponte, claro, não foi construída.

As irregularidades caracterizaram, entre outros, crime de improbidade administrativa praticada pela prefeita. Entre as irregularidades apontadas pelo TCM estão o descumprimento de envio de dados e a remessa fora do prazo da prestação de contas, balanço geral e da lei de diretrizes orçamentárias dos quadrimestres julgados, entre outras.

Ex-prefeita de Novo Progresso 
A ex-gestora foi questionada pelas irregularidades apontadas, mas não apresentou justificativas à relatora do processo no TCM. A ex-prefeita, que ainda pode recorrer da decisão, tem 30 dias para devolver o valor aos cofres públicos.

Os valores a serem devolvidos devem ser depositados na conta da Prefeitura de Novo Progresso dentro do prazo, sob pena de pagamento de juros, bem os valores das multas aplicadas a ela, que embora seja filiada ao PSDB, nas últimas eleições apoiou abertamente a então campanha do atual governador Helder Barbalho, com quem vem mantendo articulações políticas.

Fonte: Roma News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search