[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O MELHOR DA TV ACABO PARA SUA DIVERSÃO
SUA SORTE LHE AGUARDA, VEM PRO ITA FELIZ!

Caso Vinícius: Sargento e Cabo da PM são presos e devem responder por seis crimes


O sargento Darlem Ferreira de Sousa e o cabo Edino de Jesus da Silva da Polícia Militar foram presos preventivamente nesta quinta-feira (21) pela operação “Nirvana” em Itaituba, no sudoeste do Pará.

Segundo a Polícia Civil, ambos são suspeitos de envolvimento no caso do comerciante baleado, Marcos Vinícius do Nascimento Ignacio, atingido com dois tiros no peito no último dia 17 de novembro. A vítima continua internada e o estado de saúde dele ainda não foi confirmado.

SGT Darlem Ferreira de Souza, preso, e Marcos Vinícius, vítima.
O crime ocorreu na comunidade conhecida Garimpo do Patrocínio e gerou protestos de moradores em frente à delegacia local. Segundo testemunhas, os policiais estavam embriagados e fardados. O G1 solicitou nota à corporação e aguarda retorno.

A Superintendência Regional do Tapajós informou que os policiais devem responder pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil, abuso de autoridade, disparo de arma de fogo, injúria, ameaça e fraude processual.


Entenda o caso


O boletim de ocorrência foi registrado na Seccional de Itaituba pela comerciante Priscila da Paz, esposa do também comerciante Marcos Vinícius do Nascimento Ignácio, que teria sido alvo de agressão por parte de um policial que integra o Posto de Policiamento da comunidade de Creporizinho, mas atua no garimpo Patrocínio. 

Priscila da Paz, esposa.
Segundo Priscila, a confusão começou por uma agressão entre um casal, inquilino da família. Priscila diz que, depois de quase ter sido agredida, a mulher acionou o policial, identificado como Sargento Darlen, que teria vindo à paisana tomar satisfação sobre o caso. O vídeo mostra quando o sargento chega sem farda, aparentando estar alterado. 

A comerciante diz, ainda, que o policial retornou fardado e ainda estava bastante alterado, como mostra este outro vídeo. No local, diante de várias testemunhas, o policial profere várias palavras ofensivas ao casal. Em um outro momento, o comerciante foi algemado e retirado de casa pelo policial, que levou o homem embora, saindo da comunidade, deixando para trás várias cápsulas de calibre ponto-trinta, que foram disparados, segundo a comunidade, pelo policial. 

Em ato contínuo, a mulher teria localizado o marido já no posto de saúde, atingido por dois disparos. Um dos projéteis teria atingido a coluna do comerciante, que foi trazido para Itaituba e já foi transferido para Santarém em estado bastante delicado.

G1 Pará/Portal Mauro Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search