[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O MELHOR DA TV ACABO PARA SUA DIVERSÃO
SUA SORTE LHE AGUARDA, VEM PRO ITA FELIZ!

Vereador Wescley Tomaz: "Se não for dessa vez, nunca mais o garimpo será legalizado"

O dia 2 de outubro era para ser o Dia D para a garimpagem em Itaituba e região. Foi o dia que o governo marcou para dar respostas de algumas demandas apresentadas por lideranças da região em visita anterior feita recentemente.

Sempre presente nesses momentos, o vereador Wescley Tomaz esteva em Brasília nessa nova tentativa de encaminhar a regularização da atividade garimpeira. Ao blog, ele disse o que aconteceu.

O presidente Bolsonaro disse: "vamos legalizar o garimpo"

“Nesse dia 2 de outubro não aconteceu nada, como estava previsto, porque o governo marcou para o dia 8 de outubro, mas, a gente aproveitou a oportunidade, já que estávamos mesmo, pela primeira vez, o ministro da AGU recebeu uma comissão de garimpeiros para discutir sobre o parecer de 2014, que acabou inviabilizando a questão do garimpo nas flonas.

Dia 8 de outubro, sim, foi um dia importante para nossa região, pois o Ministro Sérgio Moro, o Ministro Augusto Heleno e o Ministro Onyx Lorenzoni, entre outros, pois foram sete ministros nessa audiência, deram algumas respostas para nossa região.

Uma das respostas a gente já esperava, que era a questão da liberação de 1.189 PLGs de processos que estavam lá há bastante tempo, aguardando deferimento. Provavelmente, a publicação dessas PLGs deve acontecer até final do ano, no máximo.

Isso vai tomar Itaituba como o maior município do Brasil com pele PLGs publicadas, se de fato forem liberadas. Então, Itaituba, com certeza, vai ser uma referência nesse sentido.

Por outro lado, algo que preocupa é a questão do garimpo que acontece em áreas Ilegais, que é em flonas. E uma minoria de garimpos que ocorrem em terras indígenas.

Nessa questão da terra indígena o governo foi muito claro. Não vai ser liberado garimpo em terras indígenas. Se for liberado será para os índios que quiserem grimpar. O garimpo será para os índios que queiram produzir. Fora disso, terá que ter a permissão dos indígenas, e quem for autorizado por eles terá que pagar royalties.

Dessa discussão não vão participar os brancos; a discussão vai ser entre as etnias para decidir se haverá concessão de mineração nessas terras. De nossa parte, o que compete à nossa luta, estamos tocando com otimismo.

Se não sair dessa vez, onde a gente sente que há boa vontade, não sai mais. E se não der para trabalhar na legalidade, e se o governo ceder às pressões que vem de todo lado, inclusive de uma grande parte da mídia, que só faz criticar, que é tendenciosa, o governo terá que inventar outra plataforma de economia de sobrevivência para nossa região.

Então, é muito mais fácil governo vi para dentro ajudar a legalizar, e consequentemente, ajudar a fiscalizar, do que ficar fazendo esse corpo mole da distância que os governos anteriores sempre fizeram”.

Blog do Jota Parente – Vereador, um dos maiores problemas sempre foi o encalhamento das PLGs, cujos processos ficavam nas prateleiras do DNPM, agora, Agência Nacional de Mineração. Isso vai ser resolvido?

Vereador Wescley - O cenário mudou bastante. Hoje, o próprio Ministério de Minas e Energia é a favor do garimpo, é contra essa morosidade; hoje, Agência Nacional de Mineração está adotando um novo ritmo e esse ritmo exige que eles não fiquem sentados em cima de processos. Tanto isso é verdade, que vão tornar digital o processo em todo o Brasil para evitar esse problema.

Jota Parente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search