[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes

NOTÍCIAS

Justiça deve decidir se homem que atirou na cabeça de assaltante em Novo Progresso, irá responder em liberdade ou se irá para presídio


Evandro Schoinger, proprietário de residência invadida por assaltantes, continua preso na cadeia de Novo Progresso. Era por volta das 2h30 desta sexta-feira (04), quando dois assaltantes, sendo um menor de idade, 11 anos, adentraram na residência de Evandro, localizada no bairro Jardim Planalto.

Proprietário e assaltante baleado.
O proprietário, ao avistar do quarto em que estava, a ação dos assaltantes, reagiu à invasão, pegou uma arma e disparou contra um dos bandidos. O tiro acertou a cabeça de Rodrigo Luis Barros, de 43 anos. Ele ainda andou por alguns metros, porém, caiu em seguida.

Arma apreendida.
Ele foi socorrido pelo SAMU e encaminhado para o hospital Municipal de Novo Progresso, onde permanece sob supervisão médica em estado grave. Rodrigo está em coma e aguarda vaga na UTI de Santarém, para ser transferido.

Evandro foi detido em flagrante e levado à delegacia de Polícia Civil. Ele disse a Polícia que atirou para assustar os invasores, pois temia acontecer alguma coisa atípica, e que não atirou para matar. Após o disparo ele imaginou não ter acertado, pois houve silêncio absoluto no local.

Em conversa com a Polícia, o proprietário disse ainda que já foi vítima de assalto deste mesmo que foi baleado. O menor continua custodiado no Conselho Tutelar do município, onde aguarda posicionamento da justiça.

Evandro deve ser encaminhado para audiência de custódia no fórum de Novo Progresso neste sábado (05), onde a Justiça vai decidir se ele vai responder pelo caso em liberdade ou se será levado para uma unidade prisional. Sendo assim, Evandro deve passar a noite na delegacia, até ser encaminhado para a audiência.

Defesa 

O Advogado Edivaldo Kirara , defensor do preso, disse que o seu cliente agiu em defesa ao patrimônio. Agora, ele espera que o delegado Conrado Wolfring, responsável pelo caso, não peça a prisão preventiva do acusado que tem bons procedentes e é réu primário.

Amigos, familiares e populares, organizam um manifesto pacífico em frente à delegacia de Polícia, em apoio à Evandro.

Fonte: Folha do Progresso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search