COLABORE COM NOSSOS AMIGOS PELUDOS!

Cirurgia Craniofacial, inédita no Oeste do Pará, é realizada para retirar tumor da face de uma mulher, em Santarém


Uma cirurgia inédita realizada em Santarém, no oeste do Pará, possibilitou o fim de dores na face de uma mulher de 31 anos. Esta é a primeira vez que o procedimento craniofacial é realizado no oeste do Pará e contou com a participação de um médico paulista na cirurgia que durou em média seis horas.

Procedimento inédito foi realizado no HRBA em Santarém — Foto: HRBA/Divulgação
“Agora me sinto muito melhor. Não tenho as dores constantes que sentia na região do rosto, não ouço mais aqueles zumbidos, acabou o peso forte na cabeça.”, disse a auxiliar Administrativa Andréia de Lima Martins, de 31 anos.

O tumor benigno retirado na cirurgia inédita estava localizado próximo ao maxilar. Para o procedimento foi necessário o envolvimento de uma equipe com especialistas, sendo uma equipe de cabeça e pescoço e neurocirurgia do HRBA. Isso por que a lesão da paciente estava localizada em uma área de interseção, entre o crânio e a face, considerada uma área de alto risco.

O procedimento teve a participação do renomado especialista, Dr. Flávio Hojaij, professor da Faculdade de Medicina da USP e secretário da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço. “Esse empenho da equipe local faz com que o HRBA possa evoluir e apresentar melhores trabalhos para a população”, comentou Hojaij.

Trajetória até a cirurgia

De acordo com o HRBA, a paciente começou a sentir os sintomas há três anos. Ela fez consulta com vários médicos, e o diagnóstico era sempre o mesmo: sinusite aguda. Mas as dores nunca passavam com os medicamentos receitados. Após muitas buscas para um diagnóstico preciso, a jovem foi encaminhada para acompanhamento no HRBA, onde foi identificada a gravidade da lesão.

A cirurgia se tornou a única opção para preservar a vida da paciente. Segundo a equipe médica, se o procedimento não fosse realizado, a lesão continuaria crescendo e poderia atingir estruturas vitais do crânio e da face, ocasionando deformidades, gerando dores crônicas e doenças vasculares.

Fonte: G1 Santarém


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search