Representantes regionais se reúnem em Brasília-DF para debater sobre a regularização de garimpos da região.

Representantes regionais se reúnem em Brasília-DF para debater sobre a regularização de garimpos da região.


Uma equipe, composta por seis profissionais de várias áreas, que possuem conhecimento da causa garimpeira e legitimidade para falar em nome da classe, estão em Brasília-DF representando a região, bem como os interesses da classe garimpeira, com intuito de debater sobre a urgência na regularização dos garimpos existentes na região paraense.

Da esquerda para a direita, temos Guilherme Aggens, engenheiro responsável pela elaboração de um amplo estudo, demonstrando as condições precárias em relação à concessão de lavras minerais. Vereador Wescley Tomaz, porta-voz dos garimpeiros que incansavelmente luta pela classe com intuito de fazer com que eles cheguem à legalidade.

Equipe representativa da região em Brasília-DF.

Dra. Luciane Oliveira, advogada defensora da garimpagem legal. Bruno Rolim, secretário de Meio Ambiente de Itaituba, que atua auxiliando os garimpeiros. Edivaldo, presidente da Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Crepurizão (COMIDEC), e por último, não menos importante, está Amaro Rosa, presidente da Federação das Cooperativas dos Garimpeiros, atuante na luta pela regularização dos garimpos no estado do Pará.


Fonte: Plantão 24horas News

Postar um comentário

0 Comentários