Jovem de 18 anos atira na própria cabeça com um revólver calibre 38 no Distrito de Castelo de Sonhos; Estado de saúde é grave

Jovem de 18 anos atira na própria cabeça com um revólver calibre 38 no Distrito de Castelo de Sonhos; Estado de saúde é grave


Na noite da última sexta-feira (06), por volta das 22h, um jovem, identificado como Walison de Andrade, de 18 anos, atirou na própria cabeça utilizando um revólver calibre 38, em sua residência localizada no Distrito de Castelo dos Sonhos, em Altamira.


Em conversa com a mãe de Walison, dona Terezinha, ela contou que no momento só estava o filho na residência. "No momento não tinha ninguém, só tava ele. A gente tinha ido pra sorveteria, aí quando a gente vinha voltando, nós escutamos o tiro na esquina. As luzes estavam todas apagadas. Chegamos lá, ele tava caído no chão" contou.

Walison imediatamente foi socorrido por profissionais de saúde e levado para a Unidade de Pronto Atendimento do local para passar por rápidos procedimento médicos. Logo em seguida, encaminhado com urgência para o hospital de Novo Progresso, onde permanece até o momento. Familiares afirmaram que não sabem a origem do revólver.

Perguntada se a informação que circula pelas redes sociais, de que o ato foi caracterizado como tentativa de suicídio, ela afirmou que sim. "Realmente sim; Ele tentou se matar. Ele só tem 18 anos, só 18 aninhos. Meu filho tá morrendo, eu preciso de ajuda" afirmou a mãe completamente abalada com a situação.

Walison de Andrade, 18 anos.

Outro questão que está deixando a mãe ainda mais desesperada, é o fato do estado em que o filho se encontra no hospital de Novo Progresso, e a indisponibilidade de vaga na UTI de Santarém. Ela disse que em NP inexiste a possibilidade de ele ser operado.

Há vagas no hospital de Sinop e Sorriso, no estado de Mato Grosso, porém, como afirma, ela não tem condições de custear a ida do filho em uma ambulância de UTI até outro estado, uma vez que o valor chega a R$6mil.

Fonte: Plantão 24horas News

Postar um comentário

0 Comentários