[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes

NOTÍCIAS

'Nós conhecemos a solução, mas enfrentamos problemas políticos', diz vereador Wescley Tomaz sobre a legalização de garimpos

Na sessão desta quarta-feira (11), o vereador Wescley Tomaz, porta-voz dos garimpeiros da região do Tapajós, usou a tribuna da Câmara por alguns minutos, para expor em dados, questões relacionadas aos garimpos da região, como, principalmente, sobre a legalização.

Ver. Wescley Tomaz

Uma pesquisa, feita pela equipe do Geconsult, por 25 dias de estado, através do engenheiro florestal Guilherme, chegou a vários resultados  como por ser visto personalizado nos mapas. Um dos pontos enfatizados, foi o quantitativo de garimpos ativos na região. De 2018 à 2019, já chegam a 2.574, sendo que somente 547, funcionam legalmente. A parte que representa esta evolução, são os pontos alaranjados.

Mapa

Na parte verde escuro, estão os parques nacionais, o verde claro, são as flonas; na parte amarela, está a Área de preservação ambiental (APA), que pode ser documentada e garimpada. Os pontos brancos no mapa, são as denominadas áreas brancas, onde é possível garimpar, ou desenvolver qualquer tipo de atividade de extração.

Mapa

O quadrado em azul, se chama requerimento do sub solo. No mapa, há uma representatividade onde o sub solo de Itaituba estão todos requeridos, como explica o vereador. "Se eu estou trabalhando num garimpo, e quisesse legalizar, eu não vou conseguir porque o sub solo já está onerado" afirmou.

Reunião em Brasília/DF

Além disso, o vereador também destacou a reunião realizada em Brasília-DF, com o secretário nacional de mineração, Alexandre Vidigal, o qual pediu um prazo de 60 dias para a agência Nacional de mineração apresentar uma proposta pra tentar desonerar o sub solo, dando a possibilidade do garimpeiro buscar a legalidade nessas áreas em que trabalha.

"Aguardamos que possa ser cumprindo pela parte do governo, no que tange a legalização. O garimpo num todo não tá perdido. Porque 75% dos garimpos podem ser legalizados. Depende apenas de política pública do governo federal" finalizou.

Fonte: Plantão 24horas News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search