[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O MELHOR DA TV ACABO PARA SUA DIVERSÃO
SUA SORTE LHE AGUARDA, VEM PRO ITA FELIZ!

Julgamento de casal acusado de matar filha em Itaituba é adiado

O julgamento que teria como réus Charlene da Silva Moraes, de 35 anos, e Reginaldo Alves de Sousa, de 35 anos, acusados de espancar e assassinar Daniele Moraes Lucas, uma criança de 11 anos, estava marcado para acontecer na manhã desta quarta-feira (28) em Juri Popular, mas foi adiado para o dia 29 de outubro deste ano.

Casal 

De acordo com o pai da vítima, Odair Lucas, o julgamento foi adiado devido a ausência de duas testemunhas, que residem no Garimpo Mamoal. Ainda segundo o mesmo, uma das testemunhas não compareceu porque estaria doente, enquanto a outra estava sem condições financeiras para se deslocar de sua cidade para Itaituba.

O Crime

O crime aconteceu no dia 11 de junho de 2017 no garimpo Mamoal, região itaitubense do Jardim do ouro. Conforme o que informou a família, Daniele morreu por ter sido espancada pela mãe e pelo padrasto. A perícia realizada confirmou a versão apresentada, pois foram identificadas marcas de agressões e várias lesões internas no corpo da menina.

A causa principal da morte foi uma forte pancada na região do estômago que causou grande ruptura no fígado e pâncreas da vítima.

Fonte: Portal Giro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search