O município de Itaituba já está recebendo Iluminação pública de Led.

O município de Itaituba já está recebendo Iluminação pública de Led.

Iluminação pública é uma das preocupações da administração pública,  que busca soluções para atender aos consumidores, oferecendo  mais qualidade de vida a população.


Para solucionar essa problemática,  a prefeitura através da Diretoria de Iluminação Pública está implantando um novo projeto, substituindo a iluminação pública convencional, por iluminação pública de LED. 

Hoje são quinze (15) mil pontos de iluminação pública convencional no município de Itaituba e  para atender essa demanda, a prefeitura através da Diretoria de Iluminação pública mantém  equipes em campo dia e noite repondo os pontos apagados.

De acordo com o Diretor de Iluminação Pública José Filho, no final do mês se novembro de 2018, a prefeitira comprou R$-500.000,00 (quinhentos mil reais) de material, para manutenção de iluminação pública. O setor de iluminação pública está substituindo oito (08) mil pontos de lâmpadas comuns por de LED.

José Filho ressalta que, uma das principais causas de tantos pontos apagados é a baixa qualidade da energia e exemplifica; “assim como a queda de energia provoca danos nos eletrodomésticos e lâmpadas nas residenciais, da mesma forma  acontece com a iluminação pública, mesmo usando material de primeira qualidade, mas infelizmente as oscilações de energia, resultam em muitas lâmpadas queimadas. E, enfatiza: “A iluminação Pública de LED irá resolver esse problema, uma vez que trazem grandes benefícios como; mais claridade, menos manutenção, além de diminuir os custos em torno de 80%  para a prefeitura, destaca o diretor”.

José Filho finaliza destacando: “gostaria de pedir a compreensão dos consumidores, e dizer que nossas equipes estão em campo e com certeza chegaremos ai no seu bairro, pois não estamos medindo esforços para atendê-los. Estamos trabalhando no sentido de melhorar a iluminação do município e com certeza a iluminação a LED vai chegar para melhorar a qualidade de vida de todos, concluiu”.

ASCOM/PMI

Postar um comentário

0 Comentários