O governo municipal já está trabalhando no projeto de construção do aterro sanitário do município de Itaituba. O objetivo é acabar com o lixão a céu aberto

O governo municipal já está trabalhando no projeto de construção do aterro sanitário do município de Itaituba. O objetivo é acabar com o lixão a céu aberto

Atualmente no Brasil somente o Estado de Alagoas conseguiu desativar 100% dos lixões. Os 132 municípios  do estado já dão  a correta destinação aos residos sólidos.


No país, o percentual de municípios com aterro sanitário em funcionamento é de 54,8% segundo dados do ministério do meio ambiente. Tendo em vista que o primeiro prazo para que todos já tivessem fechado seus lixões expirou em 2014.

A região com índice mais baixo é o Nordeste, onde somente 36% dos municípios tomaram essa providência. Em segundo lugar está a região Norte com 48% dos municípios com lixão ainda funcionando à  céu aberto.

Desse 2011, do segundo mandato do ex prefeito Roselito Soares fala-se na implantação de um aterro sanitário do município de Itaituba, de lá para cá  já se passaram 8 anos, e ainda não tem uma data definida de quando o problema será resolvido.

O destino adequado para  os resíduos  sólidos, também  foi um dos pontos discutidos na reformulação da nova LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE ITAITUBA.

De acordo com o prefeito Valmir Clímaco, o projeto do aterro sanitário já está praticamente pronto, segundo ele a coleta seletiva será iniciada em alguns bairros, porque é um projeto que também vai mexer com a cultura da população.

Fonte: Blog's Plantão 24horas News e Yokin Paranatinga com informações do Repórter Marinaldo Silva.

Postar um comentário

0 Comentários