ÍNDIOS MUNDURUKUS REALIZARAM PROTESTO NO PORTO DO SONRIZAL CONTRA GARIMPEIROS

ÍNDIOS MUNDURUKUS REALIZARAM PROTESTO NO PORTO DO SONRIZAL CONTRA GARIMPEIROS

Na última segunda-feira (06) indígenas Munduruku do município de Jacareacanga , realizaram manifestação, no Porto do Sonrizal, contra os garimpeiros que atuam nas aldeias na reserva Mundurukania. O protestos é contra a entrada de maquinas nos garimpos, como; PCs e outros.


Durante a manifestação, caciques, lideranças, guerreiros, falaram que não aceitarão mais entrada dessas maquinas na reserva indígena.

“A nossa terra e á nossa conquista, lutamos há anos para conseguir demarcação e homologação de nossa terra. Queremos nossa terra sem destruição, queremos nosso rio e igarapé vivo” disse uma das lideranças.

Um dos caciques, disse que a terra é  deles, dessas terras, tiram os alimentos cotidianos do dia a dia. “Nos lutamos para nossos filhos, netos e futuros gerações. Se não indígenas (pariwat) continuar levando suas maquinas, vamos chamar mais guerreiros para tirar ou queimar nossas próprias mãos” disse.

Outra liderança, se pronunciou dizendo que os Mundrukus, já estão de ver balsa, levando PCs, para nossa terra. “A partir diante, não aceitamos balsa levando maquinas em nossa terra. Se não obedecer ao que estamos exigindo perderão todos seus bens. Já estamos avisando antes não acontecer mal algum com os proprietários que levam suas maquinas” disse um dos lideres da manifestação.

Lideranças e guerreiros da aldeia Kadiriri, avisaram que não abrimos mãos do rio Kadiriri. “Queremos nosso rio, peixe vivo para sempre. Continuaremos lutando pelo nosso rio até onde resistimos naquela região” disse o cacique da aldeia.

A Associação Pussuru, através de sua diretoria, foi que organizou a manifestação no Porto do Sonrizal.

Fonte: Portal Buré - Anderson Pantoja

Postar um comentário

0 Comentários