“Daniel não aparentava sofrer de depressão”, afirma esposa

“Daniel não aparentava sofrer de depressão”, afirma esposa

Daniel foi encontrado morto no interior da residência, em Itaituba; Esposa esclarece informações importantes sobre o ocorrido.


Jhenny Oliveira, 25 anos, esposa de Daniel Pinheiro, homem de 28 anos que cometeu suicídio na madrugada da última segunda-feira (27) em Itaituba, deu detalhes do dia do ocorrido e ainda esclareceu alguns fatos.
Segundo ela, ao contrário do que foi veiculado inicialmente, a mesma não encontrou o marido morto ao chegar em casa, e sim após ser acordada pela filha pequena, de apenas 6 anos, que relatou ter visto o momento em que Daniel tirou a própria vida utilizando uma corda.
“Eu tava dormindo, quando minha filha começou a me chamar, dizendo que o Daniel estava com uma corda no pescoço. Eu corri e sai gritando pelos vizinhos, que vieram e tentaram ajudar, mas ele já estava sem vida.” disse Jhenny
O tempo de relacionamento do casal era curto, apenas nove meses, mas já moravam juntos e faziam muitos planos. A mulher afirma que o esposo não demonstrava nenhum sinal de que estaria sofrendo com depressão, ou algo semelhante. “A gente tava passando por algumas dificuldades financeiras, mas ele nunca demonstrou está sofrendo depressão, ele nunca falou comigo sobre isso.” disse
Daniel trabalhava atualmente em uma lanchonete, mas há poucos meses, ele, juntamente com a esposa, tinha um negócio próprio, também no ramo da alimentação. “Infelizmente os negócios começaram a dar errado, mas mesmo assim a gente continuava firme e forte, um apoiando o outro. Ele era uma pessoa maravilhosa.” conta emocionada
Na noite da fatalidade, Jhenny conta que tudo estava muito bem, Daniel reuniu os amigos e vizinhos, assou carne e confraternizou com todos, era um dia de trabalho, mas ele havia optado por não ir trabalhar para ficar em casa. “Parecia que ele tava se despedindo de todos. Ninguém entende por que ele fez isso.” finalizou Jhenny, bastante abalada
Fonte: Portal Giro

Postar um comentário

0 Comentários