Transamazônica tem trecho interditado após cheia do Rio Uruará

Apenas pequenas embarcações fazem a travessia de pessoas no ponto alagado; cidade decretou situação de emergência.



Esta sexta-feira (12), foi o segundo dia de interdição do trânsito na rodovia Transamazônica (BR-230) por força da natureza. O bloqueio formado pela água no km 160 da rodovia, no município de Uruará, sudoeste do Pará, iniciou na madrugada de quinta-feira (11) com o volume de água do rio que leva o nome do município, subindo e impedido qualquer veículo terrestre de passar pelo local.


Vídeo  KM 160 da Rodovia transamazônica (BR 230).

Apenas pequenas embarcações náuticas, como canoa e voadeira, fazem a travessia de pessoas no ponto alagado. Muitos motoristas preferiram retornar para as cidades mais próximaspara esperar a água baixar.

Vídeo Grupamento Aéreo BR 230.

Militares da Aeronave Gavião 01, do Grupamento Aéreo do estado, fizeram um vídeo sobrevoando o local e as imagens impressionam.

Para quem precisa passar com caminhão ou automóveis menores não há muito o que fazer a não ser esperar. O Denit ainda não se pronunciou sobre a situação que isola parcialmente a cidade de Uruará.

Em fevereiro de 2017 e em abril de 2018 houve casos semelhantes no mesmo local da BR-230, quando o rio também transbordou e durante vários dias dificultou o trânsito no referido trecho da rodovia.

A encehente do Rio Uruará e de outros rios, em decorrência das fortes chuvas, provocou diversos estragos no referido município gerando grandes prejuízos com a destruição de pontes e deteriorando estradas vicinais. O prefeito do município, Gilson Brandão (MDB), decretou Situação de Emergência.

Fonte: Gazeta Uruará

Postar um comentário

0 Comentários