VISITA DO MINISTRO DA INFRAESTRUTURA TRAZ BOAS EXPECTATIVAS PARA OS SEGMENTOS ATINGIDOS PELA CRISE NA BR 163

VISITA DO MINISTRO DA INFRAESTRUTURA TRAZ BOAS EXPECTATIVAS PARA OS SEGMENTOS ATINGIDOS PELA CRISE NA BR 163



Ministro Tarcísio de Freitas ouviu demandas dos caminhoneiros


O ministro dos Transportes e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, percorreu o trecho crítico da BR-163 na manhã de quarta-feira. Ele conversou com caminhoneiros e lideranças municipais e de comunidades para ter uma noção da situação de caos a que chegou a região em conseqüência das chuvas. A crise na rodovia foi amenizada na terça-feira, quando as chuvas deram uma trégua momentânea. O tráfego começou a fluir com a coordenação de homens do Exército, mas logo a chuva voltou a cair e novamente começou o congestionamento. Com a visita do ministro Tarcísio de Freitas, os caminhoneiros que ainda estão presos na rodovia convocaram uma rápida reunião e falaram de como estão conseguindo sobreviver com o problema.

O vice-prefeito de Novo Progresso, Gelson Dill, acompanhou toda a programação. Neste vídeo encaminhado via internet, ele falou das providências que estarão sendo encaminhadas a partir desta visita.


Gelson Dill chegou a pedir pausa no envio de carretas do Matogrosso para Itaituba


“Na ocasião, tivemos a oportunidade de apresentar as reivindicações do município de Novo Progresso com relação à iluminação no canteiro central e também das pontes laterais. Mas nos concentramos nas obras de construção nos trechos críticos e em todos os trechos que apresentarem problemas na rodovia BR-163, o que, para nós, é uma prioridade neste momento”, resumiu Gelson Dill, que, na terça-feira (05), chegou a pedir pausa no envio de carretas do Matogrosso para os portos de Miritituba e Santarém.

Todas as comunidades e municípios ao longo do trecho crítico da BR sofreram impactos. Em Novo Progresso, a situação chegou a ponto de a gestão pública elaborar uma nova estratégia para contornar os problemas que surgiram em todas as áreas. Para o vice-prefeito, essas providências estão conseguindo contornar a situação, mas ainda com muita dificuldade.


Tarcísiode Freitas sentiu de perto a situação dos caminhoneiros


“A visita do ministro nos deixou uma grande expectativa. Ouvimos dele que ‘este é o último ano em que enfrentamos esse tipo de problema na BR-163. Temos que acreditar e esperar que a situação se resolva o mais breve possível, para evitarmos problemas maiores no futuro. Temos que valorizar a importância social e econômica desta rodovia, mas também temos que respeitar o direito de ir e vir dos nossos cidadãos”, finalizou o vice-prefeito de Novo Progresso.

Mauro Torres

Postar um comentário

0 Comentários