[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes

NOTÍCIAS

EM ITAITUBA: VÁRIAS PESSOAS SÃO PRESAS ACUSADAS DE ASSALTOS NA CIDADE EM OPERAÇÃO CONJUNTA DA PC, PM E GTO




A Polícia Civil do Estado do Pará, por Superintendência Regional do Tapajós e da 19a Seccional de Itaituba   Delegacia de Polícia Civil de Itaituba, composta, sob a coordenação do Dpc Vicente Gomes, foi desencadeada a Operação Mananger, tendo à frente  os DPCs Wiliam, DPC João Milhomem e  DPC Conrado, juntamente com os Agentes Epc Jonathan, Ipc Miguel, Ipc Lobo, Ipc ian, Ipc Ivan, Ipc Rafael, Ipc Rogério e Pap Itaguaí com o apoio serviço reservado da PM e o GTO de Itaituba, deram cumprimento a três mandados de busca e apreensão nas residências dos alvos Djalminha, Pablo, Renato, gordo do Macapá e Felix, uma vez que tais indivíduos teriam se associado para realizar diversos delitos patrimoniais na cidade, tendo, inclusive, informação de que eles só praticavam os crimes armados.

Com efeito, no dia 16/02/2019, por volta das 06 horas, foi dado início ao cumprimento dos mandados, sendo encontrado na casa de Renato Gama lima uma pistola calibre 380 com duas munições. Já na casa de Gabriel Ferreira Pinto, vulgo gordo do Macapá, e Félix Matheus Pinto Correia foi encontrado um revólver calibre 38 com seis munições e diversos materiais duvidosos, os quais provavelmente são oriundos dos ilícitos. Por fim, na residência de Djalma Neves Sousa Júnior e Paulo David Ribeiro Sousa foram encontrados uma motocicleta Broz da cor preta que era utilizada para praticar os ilícitos, um veículo Honda Civic aparentemente adulterado e diversos matérias também duvidosos, os quais provavelmente são oriundos do ilícito.

O investigado Waldeir Porto Costa, vulgo índio, fazia parte da associação criminosa e foi preso em flagrante delito quando realizava a travessia da balsa de Miritituba para Itaituba.

Após a condução dos investigados, constatou que Gabriel Ferreira Pinto e Felix Matheus Pinto Correia são foragidos da justiça, sendo, assim, dado cumprimento aos mandados de recaptura, ao passo que, Waldeir Porto Costa estava usufruindo do gozo de prisão domiciliar.

Flagrante sendo confeccionado pelo Dpc Ricardo Vieira plantonista de Itaituba.

Fonte: Polícia Civil e Policia Militar de Itaituba


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search