Polícia transfere 11 presos de Alenquer para penitenciária de Santarém

Foram transferidos da delegacia de Alenquer, na tarde desta quarta-feira (30), nove homens e duas mulheres.

Presos são transferidos da delegacia de Alenquer para penitenciária de Santarém — Foto: Reprodução/TV Tapajós

Onze presos foram transferidos da delegacia de Polícia Civil de Alenquer para a Central de Triagem da Penitenciária Agrícola Silvio Hall de Moura em Santarém, no oeste do Pará, nesta quarta-feira (30). Destes, oito são homens e duas, mulheres. Os detentos e sete policiais de Alenquer saíram da cidade por volta das 16h e chegaram em Santarém por volta das 18h, em uma balsa.

Policiais civis e militares de Santarém aguardavam a chegada dos presos. Seis deles são suspeitos de tráfico de drogas, um de estupro, um de tentativa de homicídio e um caso é da Lei Maria da Penha.

Entre eles estão Magnum, conhecido como “Olhão”, e Idiney Corrêa Mendonça, conhecido como “Alemão”, que fugiram da delegacia de Alenquer na madrugada de segunda-feira (28). Eles estavam presos por suspeitas de tráfico de drogas e tentativa de homicídio. Os dois foram recapturados na terça-feira (29).

Entre os presos que foram transferidos para Santarém estão dois homens fugiram da delegacia de Alenquer na segunda (28), mas foram recapturados — Foto: Reprodução/TV Tapajós

Além deles, Diogo Sampaio de Castro, conhecido como “Mano D”, também conseguiu fugir, mas foi recapturado na cidade de Óbidos, prestes a fugir para Manaus. Ele foi encontrado pelas polícias Civil e Militar de Óbidos, dentro de uma embarcação que faz escala na cidade.

A polícia informou que a fuga dos homens agilizou o processo de transferência deles e dos outros presos para a penitenciária de Santarém. A solicitação é feita pela polícia de Alenquer e precisou ser autorizada pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) em Belém para que a transferência pudesse ser feita.

Polícia transferiu 11 presos de Alenquer para penitenciária de Santarém na tarde desta quarta-feira (30) — Foto: Reprodução/TV Tapajós

De acordo com a PC, não demora para que novas pessoas sejam presas, por isso a transferência ocorre geralmente de dois em dois meses ou em um período menor de tempo, como ocorreu desta última vez.

Foram transferidos para Santarém os presos: Edrinei Sousa dos Santos, Erinei Sousa dos Santos, Edrieu Costa de Sousa, Idiney Corrêa Mendonça, Edenias Silva de Sousa, Conegundes Josino de Sousa, Magnum de Sousa Moreira, Lídia de Sousa da Silva, Edrinelza Costa de Sousa, Jociclei Silva Castro, vulgo rato e Gabriel Monteiro dos Santos.

Fonte: Jéssica Luz, G1 Santarém — PA

Postar um comentário

0 Comentários