Governador reafirma compromissos na segurança, saúde, meio ambiente e educação.

Governador reafirma compromissos na segurança, saúde, meio ambiente e educação.

Durante coletiva de imprensa, o novo governador do Pará informou que nesta quarta-feira (2) será feita a solicitação oficial ao Governo Federal para que a Força Nacional de Segurança possa atuar no Estado.


Foto: MARCO SANTOS

Logo após a cerimônia de transmissão de faixa, em Belém, o governador Helder Barbalho concedeu sua primeira entrevista coletiva. Para os jornalistas, ele reafirmou compromissos nas áreas da segurança, saúde, meio ambiente e educação.

O novo governador do Pará informou que já nesta quarta-feira (2) será feita a solicitação oficial ao Governo Federal para que a Força Nacional de Segurança possa atuar no Estado. Além da convocação imediata da Força Nacional, o governador empossado anunciou a redução do efetivo de policiais que atuam na área administrativa e em outros órgãos, para que se permita a ampliação do efetivo nas ruas.

“Hoje, cerca de mil policiais estão destinados a outros órgãos que não sejam a atividade efetiva da PM. Vamos focar nas áreas que têm as maiores incidências de criminalidade, e com isso, garantir a presença ampliada do efetivo dos agentes de segurança. Vamos fazer também o diálogo com as guardas municipais, estabelecendo padronização e planejamento para que elas cumpram o papel associado à PM, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil no enfrentamento à criminalidade”, pontuou o governador.

Cidadania e prevenção - Ainda no setor da segurança, Helder Barbalho destacou a importância da recém criada Secretaria da Cidadania. “Estamos implementando, a partir da Secretaria de Cidadania, a transversalidade e a presença dos órgãos de Governo nas áreas nas quais haverá a priorização dos agentes de segurança. Os agentes entrarão para retomar as comunidades e, para que isso seja perene, é fundamental que haja a intervenção de outros órgãos com investimentos em educação, saúde, infraestrutura urbana e em projetos que possam, através da cidadania, descobrir talentos tanto no esporte e na cultura, quanto em projetos sociais com geração de renda. Onde tem renda, diminui a violência”, destacou Helder Barbalho.

Saúde - O novo governador disse ainda ser fundamental o diálogo com os municípios na área da saúde, com foco na prevenção. “Dialogarei com os municípios e prefeituras para o suporte. Enquanto isso, o Estado reforçará as estratégias de alta e média complexidade, e garantindo investimentos na área de saneamento”, frisou.

Políticas ambientais - Questionado sobre possíveis mudanças nas políticas ambientais que possam ser implantadas pelo novo presidente da República, Jair Bolsonaro, Helder declarou: “Desde que não haja conflitos com o Governo do Estado, nós estaremos apoiando o Governo Federal. Se porventura alguma agenda que seja do Governo Federal for conflitante aos interesses do Pará, nós não aceitaremos de forma alguma que fiquemos em segundo plano".

Valorização dos professores - No âmbito da educação, Helder Barbalho reafirmou o compromisso salarial com os professores e os investimentos no setor. “Nós vamos avaliar as finanças do Estado que estamos recebendo a partir de hoje. Os dados que temos demonstram um déficit fiscal de cerca de R$1 bilhão, que é um problema gravíssimo. Vamos imediatamente iniciar o processo de renegociação dessas dívidas, para que não haja comprometimento da agenda e do exercício 2019. A partir daí, iremos priorizar o pagamento do piso do magistério. Mas não apenas cuidar de viabilizar a justa remuneração. Além da remuneração, é fundamental trabalhar com metas, que se tenha a meritocracia, e se valorize o bom profissional; para que eles nos ajudem a melhorar os índices e sair da situação dramática na qual se encontra a educação no Pará”, pontuou o novo governador do Pará.

Por Syanne Neno

Postar um comentário

0 Comentários