[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O MELHOR DA TV ACABO PARA SUA DIVERSÃO
SUA SORTE LHE AGUARDA, VEM PRO ITA FELIZ!

SIM monitora práticas pedagógicas em escolas estaduais e municipais.

Para acompanhar o desenvolvimento de práticas pedagógicas e de gestão em um universo de 9 mil escolas municipais e estaduais nos 144 municípios paraenses, educadores dispõem, desde novembro deste ano, do Sistema Informatizado de Monitoramento (SIM). Essa plataforma digital de coleta de dados e “percepções” (por meio de survey interseccional) sobre as rotinas didático-pedagógicas de escolas da Educação Infantil e Ensino Fundamental (do 1º ao 3º ano) viabilizam novos rumos para o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) e outros projetos de alfabetização no Estado, mobilizando técnicos das esferas federal, estadual e municipal.


O SIM acumulou cerca de 15 mil cadastros até a segunda quinzena de dezembro, quando foi encerrado seu primeiro ciclo de preenchimento. O alcance desta meta, prevista no desenho do Sistema, foi resultado do esforço de profissionais da Secretaria de Estado de Educação (SEDUC) e de secretarias municipais de Educação, por meio de coordenadores, formadores, diretores, professores inseridos na política de formação em serviço.

De acordo com Rosana Manito, atual coordenadora de Gestão do Programa, a parceria entre as secretarias deverá ser ampliada com os próximos passos das políticas de educação. “A importância do SIM se dá principalmente porque a SEDUC cumpre seu papel de colaborar com os municípios no assessoramento pedagógico, no apoio para a melhoria da educação no Estado”, afirma Rosana.

O SIM foi elaborado pela SEDUC, em parceria com o consórcio formado pela Fundação Carlos Alberto Vanzolini e pela Ideca (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e de Ação Comunitária). É uma iniciativa que faz parte do Programa de Melhoria da Qualidade e Expansão da Educação Básica no Estado do Pará, viabilizado por meio de financiamento viabilizado pelo Governo do Estado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“Desde a concepção dos objetivos e indicadores de mensuração da política de alfabetização, houve o envolvimento não só do corpo técnico da Seduc, mas também de representantes das Coordenações Regionais”, afirma Simone Coelho, diretora do Consórcio Ideca e Fundação Vanzolini. “Antes mesmo do cadastro e da primeira inserção de dados [no Sistema], realizamos um ciclo de capacitações em polos regionais orientando e envolvendo os usuários, possibilitando também que os presentes nesses encontros atuassem como multiplicadores locais, o que se mostrou uma ótima estratégia, considerando os dados expressivos de inscrições no Sistema até o momento”, completa.

Próximos Passos - O SIM deverá ser alimentado por meio de ciclos de preenchimento mensais que geram devolutivas e relatórios a partir das informações coletadas - dados sobre o cenário das ações formativas, sobre os impactos nas práticas docentes e de gestão educacional.

No primeiro semestre de 2019, a SEDUC iniciará os ciclos de formações, tomando como base os dados apontados no SIM. Por meio desta iniciativa, busca-se iniciar o ano de 2019 com um quadro dos principais desafios que deverão pautar a atuação da Secretaria de Educação e secretarias municipais em relação aos projetos de alfabetização do Estado.

Confira abaixo os principais dados oriundos do primeiro ciclo de preenchimentos
- 14.984 cadastros no Sistema Informatizado de Monitoramento
- Do total cadastrado, mais de 10 mil são professores
- 79,1% questionários preenchidos
- 144 municípios representados no Sistema Informatizado de Monitoramento
- 125 municípios participaram ativamente dos preenchimentos no SIM por meio de profissionais: coordenador regional, formador regional, coordenador local - municipal: formador local, diretor, coordenador pedagógico, professor e articulador de Escola.

- 125 municípios participaram ativamente dos preenchimentos no Sistema Informatizado de Monitoramento com profissionais dos seguintes perfis: Coordenador Regional, Formador Regional, Coordenador Local – Municipal, Formador Local, Diretor, Coordenador Pedagógico, Professor e Articulador de Escola.

Fonte: Blog Plantão 24horas News com informações de Isa Arnour em parceria Ascom-Escritório de Projetos/Seduc  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search