Cabo da Rotam é a primeira PM do Pará selecionada para as forças de paz da ONU

Pela primeira vez o Estado do Pará contará com uma policial militar nas Forças de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU). A cabo PM Darilene Castro Monteiro Moura, integrante da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), unidade vinculada ao Comando de Missões Especiais (CME) da Polícia Militar, deve trocar a boina preta pela azul em missão no continente africano, no período 2019-2020.


A militar paraense participou de um processo de seleção entre os dias 09 e 12 deste mês, no Centro Conjunto de Operações de Paz da ONU no Brasil Sérgio Vieira de Melo, localizado no Estado do Rio de Janeiro. Essa foi a primeira vez que a instituição abriu as portas para o ingresso de praças juntamente com oficiais.

O processo de seleção recebeu 208 inscrições de militares de todo o País, mas apenas 52 foram escolhidos. Desses, nove são mulheres. Da região Norte foram escolhidas militares do Pará e dos Estados do Acre e Amazonas. “Eu fiquei muito emocionada no momento do resultado. A vontade era de chorar, mas me contive. Foi um misto de alegria por ter sido selecionada, mas de tristeza de testemunhar que amigos não tiveram o mesmo resultado”, disse a cabo sobre o processo seletivo. “Agradeço a Deus, à Polícia Militar como um todo, ao meu Comando, aos amigos e todos que me ajudaram nessa caminhada”, ressaltou.

Ascom Segup

Postar um comentário

0 Comentários