[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O MELHOR DA TV ACABO PARA SUA DIVERSÃO
SUA SORTE LHE AGUARDA, VEM PRO ITA FELIZ!

Técnicos participam de capacitação sobre regularização de unidades de produção


(Regiões Xingu, Tapajós e Baixo Amazonas)

Iniciou nesta segunda-feira (19), em Santarém, na região oeste do estado, o primeiro Curso de Regularização de Unidade de Produção Familiar. Promovido pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), o curso objetiva preparar as bases e capacitar os técnicos para o chamado pós-CAR (Cadastro Ambiental Rural), para identificar os passivos ambientais das propriedades e quais as providências a serem tomadas posteriormente. O treinamento é realizado no auditório do Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas, com a presença de 34 técnicos da empresa das regiões do Xingu, Tapajós e Baixo Amazonas.

O Cadastro Ambiental Rural é um sistema de identificação de propriedades rurais com vistas à demonstração da regularização ambiental. Ele se constitui com dados básicos do imóvel rural, como a área total da propriedade e de preservação permanente, qualificação dos donos da propriedade e coordenadas geográficas. De acordo com o facilitador, o chefe do Núcleo de Geotecnologia da Emater, Jamerson Viana, o curso visa capacitar os técnicos de campo para que encontrem formas de regularizar ambientalmente as propriedades cadastradas.

"Após o CAR, você tem identificado os passivos ambientais das propriedades e o que fazer? Como adequar ambientalmente essas propriedades no Programa de Regularização Ambiental do estado do Pará? Nesse quesito, o Pará tem sido o estado pioneiro, porque regularizou seu PRA e já tem programas específicos para adequação ambiental dessas unidades de produção. Então hoje estamos formatando, junto com a Semas [Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade] que cedeu os instrutores e a Anater [Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural] um curso de formação de multiplicadores de técnicos que irão dar suporte nos municípios de atuação da Emater para dar o apoio na regularização ambiental das unidades de produção familiar", explica.

Os técnicos estão tendo contato com a legislação ambiental, as metodologias de análise do CAR e as metodologias de recuperação de passivo ambiental. "Além dos programas, softwares utilizados para atender essa demanda", complea Jamerson Viana.

O I Curso de Regularização de Unidade de Produção Familiar finaliza na sexta-feira (23) e contabiliza uma carga horária de 40 horas de participação.

Texto: Samuel Alvarenga
Governo do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search