ENEM 2018 – No Pará, portões abrem 11h e fecham às 12h

Nos próximos dias 4 e 11 de novembro, mais de 5 milhões de candidatos realizarão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. É preciso ter atenção com o horário, canetas utilizadas, documentos, utensílios e outras coisas que podem acabar prejudicando ou até eliminando o candidato.


O horário de entrada no local da prova é um dos assuntos mais batidos entre professores e estudantes. Esse ano a preocupação é a data da primeira prova, que coincide com o início do horário de verão no Brasil. Em Belém, a abertura dos portões está marcada para as 11h, o fechamento às 12h e o início do exame às 12h30, com duração de cinco horas e meia no primeiro exame e cinco horas no segundo. Outros itens importantes no dia da prova são o uso da caneta esferográfica de tinta preta e o uso dos documentos oficiais com fotos.

É importante destacar que a utilização de objetos e utensílios como borrachas, lápis, canetas de material não transparente, dispositivos eletrônicos, livros, anotações, bonés e gorros são proibidos.

A administração do tempo durante o certame também preocupa os candidatos, principalmente, na hora da redação. O professor Wellington Mendes, do Cursinho Municipal,  aconselha para que no primeiro dia da prova, que terá 45 questões de múltipla escolha sobre linguagens, códigos e suas tecnologias, e outras 45 de ciências humanas, que agrega as disciplinas de geografia e história, além da redação, o candidato use uma estratégia.

“É interessante que o aluno comece a resolver as questões por ciências humanas e suas tecnologias e deixar para resolver a redação um pouco mais a frente, até porque o tema da redação é oriundo de outras ciências como: geografia, história e sociologia. A medida que ele começa a resolver essas questões, vai ter mais suporte teórico para poder argumentar a redação”, sugeriu.

Fonte: ORM

Postar um comentário

0 Comentários