Prova do SisPAE deve mobilizar quase 570 mil alunos em todo o Pará

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realiza a prova do Sistema Paraense de Avaliação Educacional (SisPAE) nesta quarta-feira (24) e quinta-feira (25), em todo o Pará. A prova é destinada aos alunos do 4º e 8º anos do ensino fundamental e 1º, 2º e 3º anos do ensino médio regular, e também para professores e profissionais integrantes do setor administrativo das escolas.


 A avaliação é considerada a maior política de integração na área educacional, por envolver os 144 municípios da rede estadual e mais 143 da rede municipal, incluídos por adesão. Nesta edição, a expectativa é reunir aproximadamente 570 mil alunos, distribuídos em mais de 3.800 escolas da rede pública.


O Sistema Paraense de Avaliação Educacional é uma ação de caráter gerencial  implementado pela Seduc em 2013, dentro do Programa de Melhoria da Qualidade e Expansão da Cobertura da Educação Básica do Estado do Pará,  implantado com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). 

O objetivo da avaliação bianual  é medir o desempenho dos estudantes da educação básica das redes públicas estaduais e municipais em todo o território paraense, além de conhecer o perfil de cada grupo de protagonistas - alunos, professores, dirigentes e técnicos.

A participação da rede municipal no “SisPAE 2018” é considerada fundamental para que a Seduc aumente cada vez mais sua capacidade de gerir o ensino público, auxiliando também os municípios a partir da análise de indicadores da gestão escolar e da proficiência dos estudantes do ensino fundamental e do ensino médio, em Língua Portuguesa e Matemática.

*Mobilização* - Evandro Paiva, coordenador do Sistema Paraense de Avaliação Educacional, explica que nesta edição o plano de mobilização envolveu diretores, professores e alunos. “Criamos a hastag ‘80% de participação no SisPAE’ com o intuito de incentivar a participação dos alunos. Vivemos a expectativa de aumentar a taxa de participação na rede estadual de ensino”, destaca. A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Vilhena Alves, em Belém, está passando por reformas estruturais, mas sediará as provas com a expectativa da participação de 70 alunos.

Para a Seduc, o grande desafio é fazer com que os resultados da avaliação alcance as secretarias de Educação e escolas municipais, sobretudo os gestores, professores, alunos, familiares e entidades parceiras, a fim de favorecer as reflexões e os debates sobre como os resultados do SisPAE podem ser convertido em ações concretas, visando à melhoria da qualidade da educação do Pará.

Fonte: http://plantao24horasnews.com.br  em parceria com Governo do Estado.

Postar um comentário

0 Comentários