ITAITUBA UM MUNICÍPIO PÓLO COM MAIS DE 120 MIL HABITANTES E COM UMA GRANDE DEMANDA DE PACIENTES, AINDA NÃO DISPÕE DE UM HEMOCENTRO.

QUANDO HÁ NECESSIDADE DE FAZER UMA TRANSFUSÃO O SANGUE PRECISA VIR DE SANTARÉM OU BELÉM.

Itaituba/Pará

Os Hemocentros são instituições públicas ou privadas que realizam atividades de hemoterapia e hematologia com o objetivo de fornecer sangue preferencialmente aos hospitais da rede pública. Aroldo Souza procurou o hospital municipal para fazer uma sangria Terapêutica, mas, não foi atendido por falta do equipamento dentro da unidade de saúde.

Segundo o paciente, Aroldo Souza, Itaituba já deveria ter um hemocentro que além da demanda local atenderia também os municípios da região como Novo Progresso,  Trairão e Jacareacanga.  

De acordo, com informações  a sangria terapêutica só pode ser feita por médico e de preferência dentro de uma unidade  de saúde preparada para esse tipo de procedimento. 

Procurado pela reportagem o administrador do hospital municipal, Adriano Coutinho, encaminhou nossa equipe de reportagem  para falar com a bioquímica  responsável pela agência transfusional que funciona dentro do hospital municipal.   De acordo com a bioquímica, Alciane Prado, parte do sangue que abastece Santarém vem da capital do estado. Segundo ela, apesar da grande quantidade de pacientes principalmente vítimas de acidentes e esfaqueamento em Itaituba o número de bolsas de sangue na agência transfusional têm sido suficiente para atender a demanda.

Fonte: http://plantao24horasnews.com.br  com com informações do Repórter Marinaldo Silva.

Postar um comentário

0 Comentários