EM SANTARÉM: CRIME COMETIDO CONTRA TAXISTA PODE TER RELAÇÃO COM MESMA QUADRILHA QUE TORTUROU HOMEM

O caso Naldo e Paulão, pode estar muito perto de ter um desfecho quanto às investigações. É que uma quadrilha de fora da cidade, está sendo procurada por supostamente ter ligação com o crime, que vitimou o taxista Erinaldo Fernando Sousa, e o passageiro Paulo Silva, o "Paulão".


A quadrilha foi apontada como sendo a responsável pelo roubo de uma rilux, pertencente à Wildenberg Barroso, de 33 anos. Ele teria sido sequestrado, torturado e pulado de um carro em movimento, próximo à Seminfra, na noite desta quarta-feira (17).

Um dos procurados, Gabriel Batista Santos, é suspeito de dar apoio à quadrilha. Foi elem quem alugou a casa, no bairro Floresta, onde foram encontrados R$ 15 mil em notas falsas, uma quantidade de substância tipo "skank", cartões, documentos e eletrônicos.

Para a polícia, os dois crimes - do taxista e de Wildenberg - podem ter ligação, mas não há nada confirmado. Por isso, é essencial que o grupo criminoso seja localizado. Apesar desta suspeita, as outras linhas de investigação estão mantidas.
    
Da Redação, Israel Mendes - SOS Santarém.

Postar um comentário

0 Comentários