[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes

NOTÍCIAS

UMA COMISSÃO SE ORGANIZA PARA IR A BRASÍLIA/DF COM VÁRIAS PAUTAS DIRECIONADAS AO GARIMPO.

A Reunião e debate em questões ligadas ao garimpo, aconteceu na noite desta terça-feira (03) no auditório do hotel Apiacás, e uma das pautas foram a legalidade dos garimpos e punições do governo nas ações dos órgãos ambientais na região.


Na reunião esteve presente, Amaro Salmo da Rosa - Presidente da (Fecogat) Federação  das Cooperativas Garimpeira do Tapajós, Léo Rezende - Presidente da (Amot) Associação dos mineradores do Tapajós, Sirney - Presidente  da (Coopertrans) Cooperativa da Transgarimpeira, Bruno Rolim (SEMMA) Secretário de meio ambiente do município, Guilherme Morais Engenheiro Florestal. Além de empresários  e garimpeiros que também esteve presente.


A Reunião foi feita através de convite do vereador Wescley Tomaz e o Empresário Roberto Katsuda da World Tractor.

VER. WESCLEY TOMAZ

Um dos pontos mais questionados durante a reunião foi para os órgãos ambientais não queimar as máquinas em garimpos. Mas pra isso a comissão está lutando para que seja aprovada uma lei que proíbe a queima de máquinas.


O Vereador Wescley Tomaz, fez muitos questionamentos em defesa do garimpeiro, uma delas foi a legalização dos garimpeiros pequenos que ainda não possui sua PLG, disse" também, que a classe garimpeira, os empresários e as entidades ligadas ao setor produtivo hoje é um exercício que está se iniciando de começar a se organizar se mobilizar,  para poder pleitear junto ao governo do estado e governo federal avanços no que tange à questão mineral.

Wescley disse também" se a categoria não tiver organizada e mobilizada certamente ela vai ficar diminuindo a cada ano. E se a categoria garimpeira não ficar juntos o governo vai acabar com o garimpo da nossa região.

O Secretário de meio ambiente do Municipio de Itaituba Bruno Rolim; disse que hoje temos que entender que a economia garimpeira ela não interpassa  somente para quem está extraindo o minério, mas também pelo comércio pra todas as atividades que estão envolvidas direta e indiretamente na mais importante atividade do município que é a garimpagem.

Fonte/Imagens: http://plantao24horasnews.com.br - Weslen Reis a força jovem da comunicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search