POLÍCIA FEDERAL ASSUME INVESTIGAÇÃO DO ASSALTO À AGÊNCIA DA CAIXA ECONÔMICA EM OURILÂNDIA DO NORTE.


Polícia Federal assume investigações do assalto à agência da Caixa Econômica Federal em Ourilândia do Norte. 


O crime aconteceu na quarta-feira (11), e movimentou a pequena cidade do interior. Criminosos armados invadiram a agência e renderam vários clientes, e funcionários, exigindo dinheiro. 

O gerente de relacionamentos da agência foi usado pelos criminosos como escudo humano, e foi obrigado a usar um colete com explosivos.

Foram quase seis horas de ação, até que os criminosos desistiram, e fugiram. Funcionários disseram que eles não conseguiram arrombar o cofre, e saíram sem levar nada. 

A polícia militar de Ourilândia cercou a agência, e negociou a rendição dos criminosos, mas após o anúncio do uso de explosivos, o caso ganhou outras proporções. Para fugir, o bando deixou o gerente dentro da agência, e ameaçou detonar os explosivos se alguém invadisse o prédio. 

Por Karina Pinto / Xingu230

Postar um comentário

0 Comentários