[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O MELHOR DA TV ACABO PARA SUA DIVERSÃO
SUA SORTE LHE AGUARDA, VEM PRO ITA FELIZ!

Caminhão com carga ilegal de madeira é apreendido em Novo Progresso

Um caminhão usado para transportar ilegalmente madeira em tora foi apreendido por volta das 00h00mn desta quarta-feira (11), na vicinal Cristalina , zona urbana do município de Novo Progresso.


A policia Civil através do investigador Mauro, que efetuou a prisão do caminhão “Scannia Vermelho” , acusa o motorista Jair de França de 45 anos de suborno, conforme Boletim de Ocorrência o motorista teria ofertado uma importância de R$: 3,126 três mil cento e vinte seis reais, para liberar o flagrante.


Através de denuncia anônima que caminhões carregados com madeira  circulavam naquela região –  e após montada uma campana, assim que o caminhão tomou rumo em direção avenida Cristalina bairro Jardim América , o motorista foi abordado pelos policiais.

“Ele não apresentou os documentos do veículo, nem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH)”, explicou o delegado.

Maurício vai responder por crime ambiental previsto no artigo 46, da Lei de Crimes Ambientais e por tentativa de suborno. . A pena é de detenção de seis meses a um ano, além de multa.

Segundo a Polícia Civil, o caminhão com a madeira  foi apreendido e após procedimento lavrado na delegacia, agentes do IBAMA foram chamados para aferir a carga, o motorista disse ao repórter do Jornal Folha do Progresso, que ofereceu propina porque já estava acostumado de dar dinheiro para policia, ele continua preso, o advogado informou a reportagem que o cliente vai pagar fiança e sai ainda hoje para responder em liberdade. A carga não foi avaliada e a policia ainda não sabe da espécie e da quantidade de madeira apreendia.

Por:Redação Jornal Folha do Progresso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search