[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes

NOTÍCIAS

Pará conquista representação em comitê internacional que estimula a produção de cacau.

O estado do Pará tem agora um representante no CocoaAction Brasil, uma iniciativa para estimular a produção e aumentar a exportação de cacau. O titular da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuária e da Pesca do Pará (Sedap), João Carlos Ramos, participou nesta terça-feira, 5, no Ministério da Agricultura, em Brasília, da reunião que definiu os representantes brasileiros na iniciativa. Fernando Reis, engenheiro agrônomo da Sedap, acompanhou o secretário.


O CocoaAction, uma iniciativa pré-competitiva, multi-stakeholder (modelo de gestão que permite a participação de governos, setores da iniciativa privada ou da sociedade civil, incluindo setores técnicos e acadêmicos – em bases igualitárias), público-privada ampla e internacional no setor de cacau, que visa estimular a sustentabilidade na cadeia, foi iniciado em 2013 em dois dos principais países produtores da África, Gana e Costa do Marfim. Agora, chega ao Brasil, construindo uma iniciativa local, baseada nas necessidades nacionais e elaborada em conjunto com atores nacionais.

O segundo encontro do ano do Comitê Nacional da iniciativa CocoaAction Brasil teve a presença dos principais representantes do segmento, entre empresas privadas e associações. Na reunião desta terça, os participantes discutiram e validaram estratégias para alinhar o desenvolvimento da cadeia relacionada à produção de cacau.

O Pará foi assunto da pauta, já que é o protagonista na produção de cacau no Brasil. Para o presidente da Câmara Setorial Nacional do Cacau do Ministério da Agricultura, Guilherme Moura, a prioridade no momento para o estado do Pará é a assistência técnica. “É um desafio enorme levar o conhecimento para o produtor, na ponta, sobretudo, em um estado com as dimensões do Pará”, disse Moura.

“Eu tenho certeza que, se nós implementarmos uma política efetiva de assistência técnica, o Pará vai conseguir se desenvolver ainda mais", concluiu o presidente da Câmara.

As reuniões do comitê serão realizadas de forma presencial duas vezes ao ano, preferencialmente em Brasília. Nelas, o comitê pretende discutir e validar estratégias que incentivem a produção de cacau. Um grupo técnico, com estrutura de governança, já foi formado, com representantes das empresas ligadas à CocoaAction Brasil (Barry Callebaut, Cargill, Dengo, Mars, Nestlé, Olam); das associações de produtores e exportadores; dos Serviços de Extensão dos Estados da Bahia (Bahiater), Espírito Santo (Incaper), Pará (Emater-PA), Mato Grosso (Empaer-MT) e Rondônia (Emater-RO); do Serviço Nacional de Aprendizagem (Senar); da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac); do Centro de Inovação do Cacau (CIC); da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e das certificadoras Rainforest Alliance/UTZ e Fairtrade.

Para o secretário de estado de Desenvolvimento Agropecuário do Pará, João Carlos Ramos, o cacau permite a verticalização da produção e agregação de valor. "Precisamos hoje verticalizar a produção, não adianta produzir apenas a amêndoa, temos que beneficiá-la, e temos portos, inclusive, portos de exportação”, disse o secretário.

João Carlos Ramos reafirmou o compromisso do Pará com a assistência ao agricultor. “A agricultura cacaueira, ela é diretamente ligada ao pequeno e médio agricultor no Pará. Então eu acho que se nós trabalharmos nesse caminho, fomentando, trazendo o associativismo e o cooperativismo nesse processo, acho que nós alavancamos nos próximos anos essa forma de produção no Estado do Pará”, concluiu o secretário.

Post: http://plantao24horasnews.com.br em parceria com Pascoal Gemaque/Agência Pará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search