CÂMARA APROVA PROJETO DE LEI QUE EXCLUI A OAB SUB SESSÃO DE ITAITUBA, DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA.

O conselho municipal de segurança publica, foi criado através de lei numero 2.810 de 14 de novembro de 2014, aprovada pela câmara de vereadores. De acordo com a lei o conselho deve ser formado por órgãos governamentais e ligados a segurança publica, mas a OAB de Itaituba também estava fazendo parte do conselho o que foi questionado pela administração que apresentou na sessão de ontem um projeto de lei excluindo a cadeira da OAB no conselho municipal de segurança publica.




O projeto de lei de autoria do executivo  que também teve o aval da procuradoria do município, foi bastante questionado durante a sessão da câmara.  David Salomão  que também é advogado tentou defender a permanência da OAB no conselho municipal de segurança publica de Itaituba.


Os vereadores Wescley Aguiar, Manoel Dentista e José Belone se abstiveram de votar alegando pouco conhecimento sobre o assunto e defenderam seus posicionamentos, já as vereadoras Maria Pretinha e Antonia Borroló que votaram pela retirada da OAB do conselho também deram suas justificativas.

Após vários minutos de muitos questionamentos, a lei foi aprovada com três abstenções, três votos a favor da permanência da OAB no conselho e 6 votos contra a continuidade da ordem dos advogados no conselho municipal de segurança pública.  

Fonte: http://www.plantao24horasnews.com.br/ com informações do repórter Marinaldo Silva.

Postar um comentário

0 Comentários