[Latest News][6]

acidente
agressão
Amapa
Amapá
amazonas
apreensão
armas
arrombamento
assalto
atropelamento
Bahia
brasil
cocaína
condenados
destaque
detentos
droga
drogas
execução
grevistas
idoso
internacional
Itaituba
Kitsurfe
menores
motorista
navio
Óbidos
Polícia Federal
Polícia Militar
prefeita
prefeito
presos
recentes
reg
Regiao
região
Santarém
traficante
Traficantes
O MELHOR DA TV ACABO PARA SUA DIVERSÃO
SUA SORTE LHE AGUARDA, VEM PRO ITA FELIZ!

Justiça afasta novamente o prefeito de Tucuruí

A 2ª Vara Cível e Empresarial da Comarca de Tucuruí, por meio do Juiz Rafael da Silva Maia, decidiu afastar, mais uma vez, do cargo o prefeito do município nesta quinta-feira (22), Artur de Jesus Brito (PV) que havia sido recondicionado a ocupar a cadeira executiva na última terça-feira (20), pelo Supremo Tribunal Federal. Tanto o prefeito Artur, quanto o ex-contador geral do município, Kleber da Cunha Ota, afastado novamente nesta decisão de ontem, já haviam sido afastados em duas outras ocasiões. É a terceira vez que o prefeito é afastado por decisão judicial.

Quatro meses depois de assumir a prefeitura, Artur foi afastado do cargo por suspeita de improbidade administrativa pelo juiz Pedro Henrico de Oliveira da 1ª Vara Cível de Tucuruí no dia 6 de fevereiro de 2018. Em dezembro de 2017, a Câmara de Vereadores acusou o prefeito, agora afastado, também por improbidade administrativa.
Dessa vez, de acordo com o processo, o resultado da cassação é por conta de Ação Civil Pública por ato de Improbidade Administrativa com Pedido de Liminar contra Artur Brito e o ex-contador Kleber Cunha Ota. Segundo a denúncia acatada pela Justiça, Artur teria determinado o pagamento de valores à empresa Engenho Assessoria Contábil da qual Kleber Ota é sócio-gerente em violação ao estabelecido na Lei Federal 8.666/93 (licitações e contratos administrativos).
(Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search