Absurdo no Pará: Presos plantam maconha em colônia penal

A audácia de certos detentos custodiados pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) nas cadeias e nos presídios do Pará não tem limite. Após denúncias e fotos circulando nas redes sociais desde a última segunda-feira, a Susipe entrou em cena e, após fazer uma vistoria, confirmou que os presos de uma colônia agrícola estavam cultivando pés de maconha sem nenhum pudor.

A assessoria de comunicação da Superintendência informou ontem que agentes penitenciários encontraram, durante revista de rotina, na manhã desta terça-feira, um pé de cannabis sativa na área externa de mata da Colônia Penal Agrícola deSanta Izabel (CPASI).

A Diretoria de Administração Penitenciária da Susipe informou que a planta foi imediatamente destruída e a Corregedoria Geral Penitenciária já abriu uma sindicância administrativa para apurar rigorosamente o caso. A Susipe informa, ainda, que tem intensificado as revistas para coibir a entrada de objetos ilegais e celulares nos presídios de todo o Estado.

(Diário do Pará)

Postar um comentário

0 Comentários